Colômbia condena atentado no Equador e expressa solidariedade aos feridos

Bogotá, 27 ene (EFE).- O Governo colombiano condenou neste sábado a explosão de um carro-bomba no Equador, que causou 28 feridos leves, e expressou sua solidariedade aos feridos e atingidos pelo que qualificou de "ato repudiável".

"O Ministério de Relações Exteriores, em nome do Governo da Colômbia, condena o atentado terrorista realizado contra a Estação de Polícia em San Lorenzo, no Equador, na madrugada do sábado", detalhou a Chancelaria em comunicado.

O ministro equatoriano do Interior, César Navas, disse que 28 pessoas ficaram levemente feridas após a explosão registrada na parte de fora de um prédio da Polícia, fato ao qual o presidente, Lenín Moreno, se referiu como um "ato terrorista ligado a grupos de narcotraficantes".

O Governo colombiano reiterou a sua disposição a colaborar com o Equador na luta contra o crime organizado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos