Guarda Costeira da Líbia resgata 86 refugiados que iam em direção à Europa

Trípoli, 28 jan (EFE).- A Guarda Costeira da Líbia resgatou nas últimas horas deste domingo 86 pessoas em um bote que ia em direção ao litoral da Europa, informaram as autoridades locais.

De acordo com o porta-voz da Guarda Costeira, coronel Ayoub Kasem, a precária embarcação foi encontrada na tarde de sábado no litoral da cidade de Abu Kmash, perto de Trípoli, capital do país. Estavam no barco 62 homens, 15 mulheres e nove crianças.

A maior parte deles era de países da África Subsaariana, mas havia também cidadãos da Tunísia e de Marrocos.

"Todos os imigrantes foram levados a um porto próximo, onde receberam os primeiros auxílios. Depois, os levamos ao centro de acolhida de imigrantes e iniciamos o processo de repatriação ao entrar em contato com as respectivas embaixadas", disse o coronel.

As praias entre Trípoli e a fronteira com a Tunísia se tornaram nos últimos dois anos o principal reduto das máfias que traficam imigrantes, apesar da presença de patrulhas europeias.

Segundo dados da Organização Internacional de Migrações (OIM), órgão vinculado à ONU, mais de 171.635 imigrantes ilegais cruzaram o Mediterrâneo em direção à Europa. Mais de 3 mil sumiram no mar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos