PUBLICIDADE
Topo

Explosão em dia de peregrinação xiita no Iraque deixa pelo menos 2 mortos

30/10/2018 09h04

Bagdá, 30 out (EFE).- Pelo menos dois iraquianos morreram e outros nove ficaram feridos nesta terça-feira após uma explosão durante o dia da peregrinação xiita de Arbain em um povoado no nordeste de Iraque, perto da fronteira com o Irã, informou à Agência Efe uma fonte de segurança.

Uma bomba foi detonada às 10h20 (horário local, 4h20em Brasília) perto de um túmulo que é local de culto durante a peregrinação xiita nos arredores da cidade de Khanaqin, situada na província iraquiana de Diyala, informou o coronel Mohammed al Tamimi, do Comando de Operações de Diyala.

As forças de segurança levaram os feridos ao hospital, acrescentou.

Os motivos da explosão ainda são desconhecidos e nenhum grupo assumiu até o momento a autoria do ataque.

O Ministério de Inteligência do Irã anunciou ontem o desmantelamento de três células terroristas na província de Khuzistão que planejavam cometer atentados suicidas durante a festividade xiita.

A peregrinação de Arbain, cujo principal dia é hoje, 30 de outubro, marca o começo dos 40 dias de luto pela morte no ano 680 do imã Hussein, neto do profeta Maomé.

Milhões de peregrinos xiitas, grande parte deles iranianos, se dirigem a Carbala, sede do santuário do imã Hussein e local da batalha que deu origem ao conflito entre sunitas e xiitas, os dois principais ramos do Islã.