PUBLICIDADE
Topo

China prende 6 por fraude de R$ 666 milhões em pirâmide financeira

22/12/2018 08h00

Pequim, 22 dez (EFE).- As autoridades da China prenderam seis pessoas acusadas de aplicarem um calote de 1,190 bilhão de iuanes (R$ 666 milhões) com uma pirâmide financeira, informou a agência de notícias "Xinhua".

A plataforma, que operava através de um site, atraiu investidores com promessas de rentabilidade de até 14% por ano. O esquema consistia em um sistema de empréstimos entre pessoas, embora não contasse com nenhuma licença para essa atividade.

A polícia de Shenzhen, cidade do sudeste do país onde ocorreram as detenções, recebeu uma denúncia sobre a fraude em janeiro deste ano.

As investigações resultaram na prisão de outras seis pessoas da matriz da empresa em agosto. As autoridades agora investigam outra plataforma operada pela mesma companhia. EFE