PUBLICIDADE
Topo

Juíza da Suprema Corte dos EUA sai do hospital após cirurgia contra câncer

26/12/2018 14h03

Washington, 26 dez (EFE).- A juíza Ruth Bader Ginsburg, de 85 anos e integrante da Suprema Corte dos Estados Unidos, recebeu alta na terça-feira, após ter sido operada na semana passada de dois "nódulos malignos" em um dos pulmões em um hospital de Nova York especializado no tratamento do câncer.

"A juíza Ginsburg recebeu alta ontem (terça-feira) no hospital e está se recuperando em casa", explicou um porta-voz da Suprema Corte.

Ginsburg, a magistrada mais progressista do Supremo, foi submetida a uma intervenção cirúrgica no dia 21 de dezembro no Memorial Sloan Kettering Cancer Center, onde retirou os dois nódulos do pulmão esquerdo.

Os médicos descobriram esses nódulos durante exames médicos em novembro, após a magistrada ter sido tratada no Hospital Universitário George Washington pela fratura de três costelas. Depois da cirurgia, a paciente foi examinada e não há indícios de restos de nenhum tumor.

Esta não é a primeira vez que a juíza passa pela sala de cirurgia para a retirada de um tumor. Ela já sofreu câncer do cólon e de pâncreas.

Ginsburg está há 25 anos na Suprema Corte, à qual chegou em 1993 como a segunda mulher da história a ocupar um posto no tribunal, depois de toda uma carreira dedicada a causas feministas e aos direitos civis. EFE