PUBLICIDADE
Topo

Paraguai apreende 2,3 toneladas de maconha perto da fronteira com o Brasil

24/01/2019 19h03

Assunção, 24 jan (EFE).- A Polícia Nacional do Paraguai apreendeu na madrugada desta quinta-feira mais de 2,3 toneladas de maconha em duas operações realizadas nos departamentos de Canindeyú e Amambaí, no leste do país e próximos à fronteira com o Brasil.

Em uma ação realizada na colônia de Marangatú, em Canindeyú, os agentes localizaram um carregamento de 1,76 toneladas de maconha que estava escondida em uma área de floresta, informou a Polícia Nacional do Paraguai em comunicado.

As drogas apreendidas foram levadas à sede do Departamento de Investigação de Fatos Puníveis da Polícia Nacional em Canindeyú.

A segunda operação ocorreu no distrito de Fundación, na cidade de Pedro Juan Caballero, onde os agentes localizaram 600 quilos de maconha no interior de três acampamentos usados para armazená-la.

A Polícia Nacional também descobriu no local uma plantação de cinco hectares de maconha que estava em fase de crescimento.

A plantação foi destruída e a droga apreendida incinerada.

Esta foi a segunda apreensão desta dimensão no Paraguai em duas semanas. Em Pilar, perto da fronteira com a Argentina, os agentes localizaram uma carga de 1,1 toneladas de maconha.

O Paraguai é o maior produtor de maconha da América do Sul, e o Brasil é o principal destino da droga.

Em 2018, a Polícia Nacional do Paraguai apreendeu 961,7 toneladas de maconha e destruiu 1.264 hectares de plantações da droga, de acordo com dados do Ministério Público. EFE