PUBLICIDADE
Topo

Único gato da Polícia da Áustria está desaparecido

29/01/2019 15h23

Viena, 29 jan (EFE).- O único gato na equipe da Polícia da Áustria, recrutado para caçar ratos, fugiu sem que se saiba o motivo, segundo fontes do Ministério do Interior citados nesta terça-feira pelo jornal "Kurier".

O gato mantinha os roedores afastados dos estábulos da Academia Militar de Wiener Neustadt, uma cidade próxima a Viena na qual é treinada a futura unidade montada da polícia austríaca, formada por 14 cavalos e 21 cavaleiros.

O que poucos sabiam até agora é que, além de cachorros e cavalos, as forças de segurança contavam com um pequeno felino, adotado pela polícia em um refúgio de animais, para caçar ratos.

No Ministério do Interior ainda acreditam que o gato, batizado como Mister Black, esteja escondido em uma área próxima e que a fuga se deva a um simples erro, segundo relatou um porta-voz à rádio pública "ORF".

Mister Black é um gato selvagem e não está acostumado com pessoas, acrescentou um porta-voz do Ministério, que acredita que o felino continua cumprindo com a tarefa que lhe foi atribuída, embora seja nos arredores.

"É muito possível que ainda esteja em terrenos próximos e cumprindo com a atividade encomendada", disse.

A recentemente criada Unidade da Polícia Montada da Áustria está em fase de capacitação e a previsão é de que suas primeiras operações estejam prontas em maio. EFE