PUBLICIDADE
Topo

Sobe para 19 o número de mortos em atropelamento de caminhão na Guatemala

29/03/2019 17h30

Cidade da Guatemala, 29 mar (EFE).- A morte de um homem de 33 anos elevou nesta sexta-feira para 19 o número de vítimas mortais de um atropelamento de caminhão na Guatemala na quarta-feira.

O diretor do Hospital Roosevelt, Marco Barrientos, explicou aos veículos de imprensa que o homem, chamado Abraham, sofreu "sérios danos vasculares" e que, apesar do trabalho realizado, "infelizmente faleceu" nesta sexta-feira.

Neste hospital, um dos mais renomados do país, seguem internados outros três pacientes, um homem, uma mulher e uma criança de cinco anos que sofreu fraturas no "fêmur, na tíbia e no perônio".

A criança é neta de Juan, um homem muito conhecido na região e que foi atropelado em um acidente anterior ao do caminhão. Por conta disso, diversas pessoas se reuniram no local, onde posteriormente foram atropeladas.

Pelo menos 19 pessoas morreram, entre elas uma menina de oito anos, e outras 18 ficaram feridas quando um caminhão branco atropelou um grupo de pessoas na entrada de Nahualá, no departamento de Sololá.

Após o acidente, o motorista do caminhão, um jovem de 25 anos de nome Pedro René, foi encaminhado preventivamente à prisão e responderá por homícidio culposo e outros delitos.

O acidente está sob investigação, mas, segundo várias testemunhas, o grupo de pessoas estava vendo um acidente anterior, que resultou na morte de um homem muito conhecido na região, quando um caminhão, supostamente sem luzes e com os freios estragados, atingiu a multidão. EFE