Topo

Peru autorizou entrada de aeronave que levará Evo Morales ao México

11/11/2019 22h21

Lima, 11 nov (EFE).- O governo peruano confirmou nesta segunda-feira que autorizou o sobrevoo e o abastecimento de uma aeronave de bandeira mexicana que voará rumo à Bolívia para buscar Evo Morales, que aceitou um convite de asilo do México após renunciar à presidência boliviana no domingo passado.

O Ministério das Relações Exteriores do Peru explicou que a medida foi tomada após solicitação do governo do México e que "é consistente" com as obrigações "derivadas da Convenção de Caracas de 1954 sobre Asilo Diplomático".

Após informar que a aeronave partiu de Lima às 18h30 (horário local; 20h30 em Brasília) para o território boliviano, o ministério ressaltou o "compromisso" do Peru "com uma transição pacífica e dentro da ordem constitucional na Bolívia".

De acordo com a imprensa local, a aeronave do governo mexicano aterrissou e abasteceu em um aeroporto militar próximo ao aeroporto internacional de Lima.

A informação sobre a autorização da entrada da aeronave no espaço aéreo peruano havia sido antecipada pelo presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández.

"Minha gratidão ao presidente do Peru, Martín Vizcarra, porque abriu o espaço aéreo peruano para que possa chegar o avião do México para buscar Evo", disse o peronista em Buenos Aires.

Fernández, que assumirá a presidência argentina no dia 10 de dezembro, destacou que Vizcarra "se mexeu diplomaticamente para facilitar a chegada desse avião". EFE

Notícias