Na ONU, Brasil defende língua portuguesa e direitos de afrodescendentes

Ministra dos direitos humanos, Luislinda Dias de Valois Santos, disse ainda que o país "está de volta" durante abertura da 34ª. sessão regular do Conselho de Direitos Humanos, em Genebra.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos