Giro UOL traz os destaques da noite desta quinta, 25/02, para você; ouça

Alexander Vestri e André Medeiros

Do UOL, em São Paulo

E agora, João?

O marqueteiro João Santana, preso na operação Lava Jato, confirmou que controla uma conta na Suíça e que recebeu pelo menos US$ 7,5 milhões do esquema de propinas da Petrobras, de acordo com a Polícia Federal. O publicitário disse ainda que a mulher dele, Mônica Moura, é quem tem a "responsabilidade pelas movimentações" desta conta.

Em depoimento, Mônica Moura declarou que os valores vinham de campanhas realizadas por empresas do marido no exterior, em eleições na Venezuela, Angola e Panamá. Ela admitiu que a empresa do casal recebeu por meio de caixa dois da Odebrecht. Santana não confirmou a versão dela.

Leia mais

 

Calheiros na mira da PGR

A Procuradoria-Geral da República pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de um novo inquérito contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), para apurar movimentação financeira de R$ 5,7 milhões.

O valor representaria transações incompatíveis com a renda do senador. Existe a suspeita de crimes de lavagem de dinheiro e peculato.

Leia mais

 

Crime no cargo

Quatro em cada dez municípios do Estado de São Paulo tiveram os prefeitos condenados por improbidade administrativa em apenas um ano. Os casos aconteceram entre novembro de 2014 e outubro de 2015.

Foram ao todo 266 condenações de prefeitos e ex-prefeitos paulistas por violação à lei. Os principais motivos foram contratações de serviços e obras sem processos de concorrência, fraudes a licitações, dispensa de concurso público, uso indevido de verbas do Tesouro e emprego da máquina para propaganda pessoal.

Leia mais

 

Contas reprovadas

O TSE rejeitou um recurso do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), e manteve a reprovação pelo Tribunal Regional Eleitoral mineiro da prestação de contas da campanha que elegeu o petista em 2014.

Os ministros do TSE decidiram retirar a multa de cerca de R$ 50 milhões que havia sido aplicada pelo tribunal local.

Leia mais

 

Trânsito de São Paulo

A cada 10 veículos da frota paulistana, 3 foram multados em 2015, como mostram os dados do Painel da Mobilidade da Prefeitura de São Paulo. O levantamento da administração municipal mostra que 31% dos 8,1 milhões de veículos da capital foram alvos de multas.

Das notificações, 70,85% foram aplicadas por equipamentos eletrônicos e 29,15% foram aplicadas manualmente. Os carros são a maioria entre os autuados e representam 71,70% das infrações, seguidos por utilitários como os Veículos Urbanos de Carga (VUCs), caminhões, motocicletas e ônibus.

Leia mais


Mercado financeiro

As ações da Vale, que caíram 5,23% e foram vendidas a R$ 8,15, puxaram a terceira queda seguida da Bolsa. O índice recuou 0,47%, fechando com 41.887,9 pontos. No mês, o Ibovespa acumula valorização de 3,67%. No ano, tem queda de 3,37%.

No mercado de câmbio, o dólar teve queda de 0,17%, cotado a R$ 3,95, na segunda baixa seguida.

Leia mais

 

Contas no azul

As contas do governo federal ficaram no azul em janeiro deste ano, depois de oito meses seguidos de resultados negativos.

As receitas superaram as despesas em R$ 14,8 bilhões, de acordo com o Tesouro Nacional. Desse valor, R$ 11 bilhões passam pelo pagamento de concessão de 29 usinas hidrelétricas leiloadas em novembro de 2015.

Leia mais

 

Crise nos empregos

O desemprego em janeiro foi de 7,6%, a maior taxa para o mês desde 2009, quando tinha sido de 8,2%, de acordo com o IBGE. A taxa subiu 0,7 ponto percentual na comparação com dezembro (6,9%). Em relação a janeiro de 2015, a alta foi de 2,3 pontos percentuais.

Os números fazem parte da Pesquisa Mensal de Emprego, com dados das regiões metropolitanas de Recife, Belo Horizonte, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Leia mais

 

Mudanças no Fluminense

A derrota para o Botafogo promoveu uma verdadeira reformulação no futebol do Fluminense. O primeiro a cair foi o técnico Eduardo Baptista, mas não foi o único. Em seguida foi a vez do vice de futebol Mário Bittencourt deixar as Laranjeiras.

O técnico deixa o Fluminense depois de apenas cinco meses de trabalho. O favorito da diretoria para o comando da equipe é Levir Culpi, que teve bom desempenho no Atlético-MG nos últimos anos até ser trocado por Diego Aguirre. Outros nomes estão na pauta do Tricolor, que quer um profissional renomado para retomar a confiança dos torcedores.

Leia mais

 

Sucesso no cinema

Números atualizados nesta quinta-feira apontam que a exibição de Os Dez Mandamentos em quatro semanas nos cinemas brasileiros conseguiu superar Star Wars em cartaz desde 17 de dezembro do ano passado.

O filme da Record foi assistido por 6,679 milhões de espectadores, contra 6,667 milhões da produção da Disney.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos