Giro UOL traz os destaques da noite desta quarta, 23/03, para você; ouça

Andre Medeiros

Do UOL, em São Paulo

Documentos da Odebrecht

Documentos apreendidos pela Polícia Federal listam possíveis repasses da Odebrecht para cerca de 200 políticos de 18 partidos. A planilha apresenta os valores pagos a cada político e até mesmo o apelido de cada um. Os papeis relacionam nomes da oposição e do governo e apresentam indícios que vão ser esclarecidos nas investigações da Lava Jato.

Alguns dos políticos citados já se manifestaram contra as acusações. O deputado Raul Jungmann (PPS-PR) e o candidato a vereador em Recife Jarbas Filho (PMDB) afirmaram que os valores recebidos foram declarados ao Tribunal Regional Eleitoral.

Leia mais



PF aponta propina a Santana

Ainda sobre a Lava Jato, a Polícia Federal apontou hoje um repasse de R$ 21,5 milhões da Odebrecht ao marqueteiro João Santana e a mulher dele, Mônica Moura, que estão presos desde 23 de fevereiro.

Um documento enviado ao juiz Sergio Moro mostrou todos os repasses lançados em planilha controlada pela ex-secretária da Odebrecht Maria Lucia Tavares, que fez acordo de delação premiada e confirmou o pagamento a Santana.

Leia mais

 

Plano B para Lula

O ex-presidente Lula pode se tornar assessor especial da Presidência da República se não puder assumir a Casa Civil. A afirmação é do ministro Jaques Wagner, chefe do Gabinete Pessoal da presidente Dilma Rousseff.

Em entrevista, Wagner voltou a criticar o impeachment, alertando que ele vai significar um agravamento da crise econômica e não a solução.

Leia mais

 

Divisão de relatorias

O ministro Teori Zavascki disse que não se importa em dividir relatorias de ações sobre Lula no STF com Gilmar Mendes. Ele também defendeu que o colega continue como relator de ações que questionem no tribunal a posse do ex-presidente como ministro da Casa Civil.


Advogados de Lula pedem que os mandados de segurança que tiveram a decisão de Gilmar de impedir o petista de assumir o cargo sejam encaminhados para Zavascki, que foi o primeiro a receber as ações discutindo a nomeação do ex-presidente.

Leia mais

 

Rodoanel superfaturado?

A Polícia Federal em São Paulo investiga suspeita de superfaturamento e fraude na licitação das obras do Trecho Norte do Rodoanel, contratada pela Dersa, empresa controlada pelo governo Geraldo Alckmin (PSDB).


Investigadores da Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros apuram se o aumento de ao menos R$ 170 milhões nos custos de terraplenagem da construção foi autorizado pela estatal para beneficiar empreiteiras.

Leia mais

 

Deficit é de quase R$ 100 bilhões

O governo vai enviar ao Congresso nos próximos dias o projeto de lei que autoriza a redução da meta fiscal do ano para um deficit de R$ 96,65 bilhões, o equivalente a 1,55% do PIB.


A meta fiscal de 2016, definida em lei, era de poupar R$ 24 bilhões para o pagamento de juros da dívida pública. Com o projeto, o governo oficializa que 2016 será o terceiro ano consecutivo de deficit nas contas públicas, o que faz a dívida do governo crescer, assim como gastos com juros.

Leia mais

 

Mercado financeiro

O Ibovespa fechou em queda de 2,59% hoje, com 49.690,05 pontos. Esse foi o segundo recuo seguido da Bolsa.

No mercado de câmbio, depois de uma queda ontem de 0,26%, o dólar comercial teve alta de 2,11%, e chegou a R$ 3,677 na venda. No mês, a moeda norte-americana acumula queda de 8,16%, e de 6,87% no ano.

Leia Mais

 

Desemprego aumenta

O desemprego em fevereiro foi de 8,2%, de acordo com dados do IBGE. É a maior taxa de desocupação para o mês desde 2009.


A taxa subiu 0,6 ponto percentual na comparação com janeiro. Em relação a fevereiro de 2015, a alta foi de 2,4 pontos percentuais.

Leia mais

 

Hilton deixa Ministério do Esporte

George Hilton deixou o ministério do Esporte em decisão tomada devido a uma reviravolta política. Hilton saiu do PRB, pelo qual havia sido reeleito deputado federal por MG, em 2014, e foi para o PROS, para se manter no cargo, já que o PRB havia rompido com o governo.


Só que o PRB se reaproximou do Planalto, e Hilton agora deve retornar à Câmara dos Deputados pelo PROS. Ricardo Leyser, do PCdoB, atual secretário-executivo do Ministério do Esporte, assume a pasta.

Leia mais

 

Combate ao Aedes

O governo anunciou o investimento de R$ 649 milhões para o Plano de Enfrentamento ao Aedes aegypti e à Microcefalia.

Desse valor, R$ 325 milhões já vão ser utilizados durante o ano de 2016.

Leia mais

 

Estádio investigado

O valor final da construção da Arena Corinthians também vai ser alvo de investigação pela Polícia Federal. O projeto inicial do estádio em Itaquera previa gasto máximo de R$ 820 milhões, mas o final, de acordo com a matriz de responsabilidade da Copa-2014, foi de R$ 1,08 bilhão.

Outro ponto que intriga os investigadores são diálogos de 2010 que mostram que a cúpula da Odebrecht se mostrava contrária à obra em Itaquera por não saber como justificar a construção de um estádio do zero por R$ 820 milhões se haveria a reforma de outros para o Mundial por mais de R$ 1 bilhão.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos