Giro UOL traz os destaques da manhã desta sexta, 27/05, para você; ouça

Ligia Gauri

Do UOL, em São Paulo

Vem mais bomba por ai

A delação premiada de Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, vai ficar em sigilo por mais algumas semanas. Ele gravou conversas com os caciques do PMDB e na avaliação da Procuradoria-Geral da República a colaboração dele complica muito a situação de Renan Calheiros, presidente do Senado.

Em um dos áudios, Calheiros defendia uma mudança na lei da delação que iria beneficiar Machado. Outra gravação polêmica foi com o senador Romero Jucá. Nela, o peemedebista falou em um pacto para deter o avanço das investigações da Lava Jato.

Nos bastidores, um integrante do governo diz que os áudios não são nada perto do estrago que Machado pode fazer se falar quais as autoridades políticas que repassavam o dinheiro desviado da Petrobras.

Leia mais

 

Lava Jato é intocável

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), se manifestou ontem sobre as gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado de conversa entre os dois.

Em nota, Renan afirma não ter tomado nenhuma iniciativa ou ter feito algo para dificultar as investigações da operação Lava Jato. Ele ainda ressaltou que elas são intocáveis.

Leia mais

 

Barbárie no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro pediu a prisão de quatro homens depois da abertura de inquérito para identificar 33 suspeitos de estuprar uma adolescente de 16 anos em uma favela na zona oeste da cidade.

A investigação teve início depois de um vídeo da jovem, em que ela aparecia nua e desacordada, ser postado em redes sociais ontem. Um dos autores da publicação ainda se vangloriava do crime.

Leia mais

 

Apertando o cinto

Com a crise econômica, um dado já chama atenção no país. Desde o começo do ano, cerca de 3 milhões de pessoas receberam a última parcela do seguro-desemprego. O número é 8% maior do que o do mesmo período de 2015. É o que informa o Ministério do Trabalho.

E a previsão é que a situação piore. Está difícil conseguir voltar para o mercado de trabalho, já que a economia brasileira está fechando mais vagas do que abrindo novas. Em abril 62.844 postos de trabalho formal foram fechados.

Leia mais

 

Sem reintegrações

Para Marcelo Calero, que tomou posse recentemente do Ministério da Cultura, a polêmica sobre a extinção da pasta causou um trauma e isso pode causar problemas no diálogo inicial com a classe artística.

Ele também garantiu, em entrevista à Folha, que não vai pedir a desocupação de prédios ligados ao ministério. Diante de um deficit de R$ 1 bilhão na Cultura, Calero diz que o momento é de fazer "um freio de arrumação" para, em 2017, propor novas políticas. E também criticou a proposta de CPI da Lei Rouanet.

Leia mais

 

Visita histórica

E hoje, Barack Obama se tornou o primeiro presidente dos Estados Unidos a visitar Hiroshima desde o bombardeio atômico em agosto de 1945. Ele fez um discurso no Memorial da Paz, mas não se desculpou pelo que aconteceu.

Obama disse que o mundo tem "responsabilidade de olhar para a história e evitar que se repita o sofrimento", como o que foi causado no ataque nuclear.

Leia mais

 

Muricy fora

O Flamengo anunciou ontem que Muricy Ramalho não é mais técnico do clube. A saída foi definida pelo treinador. Ele está enfrentando problemas de saúde.

Além de Muricy, o Flamengo também trocou o comando interino da equipe. Jayme de Almeida foi substituído por Zé Ricardo, técnico das categorias de base do clube.

Leia mais

 

Sai Douglas Costa, entra Kaká

O meia Douglas Costa foi cortado ontem do elenco da seleção brasileira que se prepara para a disputa da Copa América. O jogador alegou estar com dores musculares e foi dispensado após um exame constatar uma lesão. Kaká, do Orlando City, foi convocado para a vaga.

A seleção fará um amistoso no domingo, contra o Panamá, e estreia no torneio no dia 4 de junho, contra o Equador.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos