Giro UOL traz os destaques da noite desta terça, 05/07, para você; ouça

Debora Komukai

Do UOL, em São Paulo

Transporte público?

A prefeitura e o governo do Rio de Janeiro anunciaram que a população só poderá utilizar a linha 4 do Metrô e o BRT após a Olimpíada. Isso porque, durante a competição, apenas profissionais credenciados ou donos de ingressos olímpicos poderão usar os novos meios de transportes.

A decisão acontece faltando um mês para os Jogos. As obras ainda não estão prontas, mas o prefeito e o governador garantem que dará tempo. 

Leia mais

 

Acusa de lá, acusa de cá 

Durante depoimento à comissão do impeachment, três técnicos do Senado confirmaram as denúncias que reforçam as acusações contra a presidente afastada, Dilma Rousseff.

O coordenador da junta pericial, João Henrique Pederiva, disse que os decretos de abertura de crédito ao Orçamento editados por Dilma em 2015 foram publicados de forma irregular.

Leia mais

 

Irregularidades

O Tribunal de Contas do Rio de Janeiro decidiu bloquear R$ 198 milhões em repasses às construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez devido a irregularidades na reforma do Maracanã na Copa do Mundo de 2014.

A obra no estádio para a Copa começou orçada em R$ 705 milhões. No final, estima-se que o gasto foi de R$ 1,2 bilhão. 

Leia mais

 

Suspense

O deputado Ronaldo Fonseca (Pros-DF), relator na Comissão de Constituição e Justiça do recurso do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha, entregou hoje o parecer dele sobre o caso.

O teor do documento só vai ser conhecido amanhã, na sessão da Comissão. Em uma breve declaração, Fonseca disse que o relatório é "absolutamente técnico e imparcial"

Leia mais

 

Estratégia de defesa

A presidente afastada, Dilma Rousseff, não vai comparecer amanhã à Comissão Processante do Impeachment. Ela poderia fazer a defesa pessoalmente, mas abdicou desse direito.

Dilma cogita comparecer à votação no plenário do Senado, prevista para ocorrer em algum momento na semana de 22 a 26 de agosto deste ano. Ali, a petista teria condições de fazer um discurso sem ser interrompida por senadores.

Leia mais

 

Mercado financeiro

A Bolsa de São Paulo fechou o dia em baixa de 1,38%, com 51.842,27 pontos. O desempenho negativo foi puxado principalmente pelas ações da Petrobras, que caíram cerca de 6%, da mineradora Vale e dos bancos.

Já o dólar subiu 1,11%, cotado em R$ 3,301. Essa foi a terceira alta seguida da moeda norte-americana, que valorizou 2,73% neste mês. No ano, já perdeu 16,39%. 

Leia mais

 

Pacto de silêncio

Rodrigo Fernandes, irmão do ex-goleiro Bruno, afirmou que a facção criminosa Comando Vermelho, do Rio, e o grupo Primeiro Comando do Maranhão, responsável pela morte de 60 pessoas no Complexo Prisional de Pedrinhas em 2013, estão envolvidos no desaparecimento de Eliza Samudio, ex-amante do jogador que desapareceu em 2010.

O irmão de Bruno deu a entender que sabe onde estão os restos mortais de Eliza, mas não irá contar pois tem medo das consequências.

Leia mais

 

Já vai, Milan?

O presidente do Milan, Silvio Berlusconi, confirmou que venderá o clube para um grupo de investidores chineses e espera receber 400 milhões de euros nos próximos dois anos

Leia mais

 

A um passo do recorde

A americana Serena Williams confirmou o favoritismo e avançou às semifinais de Wimbledon ao derrotar a russa Anastasia Pavlyuchenkova por 2 sets a 0.

Com o resultado, ela ficou mais próxima de uma marca histórica. No torneio em que é seis vezes campeã, Serena busca igualar Steffi Graf como maior vencedora de Grand Slams na era moderna do tênis. A americana tem 21 títulos deste nível, um a menos do que a alemã.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos