Giro UOL traz os destaques da noite desta sexta, 26/08, para você; ouça

Alexander Vestri

Do UOL, em São Paulo

Lula e o tríplex

A Polícia Federal indiciou o ex-presidente Lula no inquérito que investiga o tríplex de um condomínio em Guarujá, no litoral de São Paulo. A mulher dele, Marisa Letícia, também foi indiciada.

O caso é investigado na operação Lava Jato, que apura se a empreiteira OAS beneficiou Lula ao pagar reformas em uma das unidades do condomínio.

Leia mais

 

Bens de Cunha

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve o bloqueio dos bens do deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

O bloqueio havia sido obtido liminarmente pelo Ministério Público Federal em ação contra o ex-presidente da Câmara por suposto recebimento de propinas em esquema de corrupção na Petrobras.

Leia mais

 

Insegurança no RS

O presidente interino, Michel Temer (PMDB), vai enviar ao Rio Grande do Sul parte da Força Nacional que iria atuar na Paraolimpíada do Rio de Janeiro. A determinação atende a um pedido do governo gaúcho em meio a uma crise de segurança.

Em uma primeira etapa, vão ser enviados cerca de 200 homens para a região metropolitana de Porto Alegre, que vive uma escalada de crimes urbanos. O número de soldados pode aumentar.

Leia mais
 


Propina em campanha?

Interceptações telefônicas da operação Decantação revelam conversas entre o presidente da Empresa Saneamento de Goiás, José Taveira Rocha, e o diretor de Gestão da mesma empresa, Robson Salazar, sobre o pagamento de R$ 6 milhões em propina. A Polícia Federal suspeita que o esquema tenha abastecido campanhas políticas do PSDB em Goiás.

Em uma conversa de 18 de dezembro de 2015, Rocha e Salazar citam o "governador", o que, para os investigadores, seria uma referência ao governador tucano, Marconi Perillo, que está no quarto mandato no Estado. A PF apura se a campanha de Perillo foi beneficiada com recursos desviados da Saneago.

Leia mais

 

Mercado financeiro

A Bolsa fechou praticamente estável, com leve baixa de 0,01%, com 57.716,25 pontos. As ações da Petrobras e dos bancos fecharam em alta, enquanto os papéis da mineradora Vale caíram nesta sessão.

No mercado de câmbio, o dólar subiu 1,25%, cotado em R$ 3,272. Foi o segundo avanço seguido da moeda.

Leia mais

 

Empresas caloteiras

Os calotes dados por empresas no mundo todo chegaram a 117 até o momento em 2016, e já superam o total registrado em 2015, que foi de 113. A última vez que a situação esteve pior neste ponto do ano foi em 2009, quando foram registrados 213 casos durante a crise financeira. O levantamento é da agência Standard & Poor's.

Dois terços dos calotes totais em 2016 são de empresas dos EUA, o que se deve, em parte, ao maior número de emissores americanos classificados pela agência. Outros 21 casos foram registrados em mercados emergentes. Os setores de energia e recursos naturais têm a maior concentração de inadimplência no planeta, com 65 dos casos.

Leia mais

 

Acertando com o Leão

O jogador Neymar e o pai desistiram de tentar anular a cobrança de R$ 459,6 mil feita pela Receita Federal. Em abril de 2014, os dois entraram com uma ação na Justiça Federal para tentar anular a cobrança de dívidas de imposto de renda contraídas entre 2007 e 2008.

Em janeiro deste ano, perderam em primeira instância e foram condenados a pagar. Eles recorreram da decisão, mas agora desistiram de seguir com o recurso.

Leia mais
 


Adeus, Santos; olá, Milão

O atacante Gabriel, do Santos, deixou o Brasil às pressas e viajou para a Itália para acertar a transferência para a Inter de Milão. O clube subiu a proposta pelo jogador para 28 milhões de euros (R$ 100, 6 milhões).

Gabigol vai passar por exames médicos e, se aprovado, nem volta mais para o Brasil.

Leia mais

 

Dependência tecnológica?

Quanto tempo você demora para pegar no celular quando está sozinho? Um experimento realizado na Alemanha e na Inglaterra mostra que participantes deixados sozinhos em uma sala de espera levaram, em média, 44 segundos para acionar os smartphones.

As mulheres aguentaram mais, 57 segundos sem pegar os aparelhos. Já os homens só aguentaram 21 segundos.

Leia mais

 

Mudança de planos

Depois de receber muitas críticas, Leonardo Young, vencedor da terceira edição do MasterChef, desistiu da campanha de financiamento coletivo na internet para abrir um restaurante.

A ideia era arrecadar R$ 200 mil em doações por meio do crowd funding, a famosa vaquinha virtual. Apesar da mudança de estratégia para levantar capital, ele ainda pretende abrir uma hamburgueria com o blogueiro Zé Soares e a empreendedora Bel Pesce.

Leia mais

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos