Despesas de custeio do governo recuaram 12% entre janeiro e setembro, diz Dyogo Oliveira

(Reuters) - O ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, afirmou nesta quinta-feira que houve uma queda real de 12 por cento nas despesas de custeio adminstrativo do governo entre janeiro e setembro deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado

Essa queda representa em valores, segundo o ministro, uma redução de 2,2 bilhões de reais. "Há um conjunto de ações que vem permitindo essa economia de recursos", disse.

(Reportagem de Cesar Raizer)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos