Dois ataques bomba matam pelo menos 8 em Maiduguri, nordeste da Nigéria

MAIDUGURI, Nigéria (Reuters) - Dois homens bomba mataram pelo menos oito pessoas neste sábado na cidade de Maiduguri, na Nigéria, centro da insurgência que já dura sete anos por parte de militantes do grupo islâmico Boko Haram, disse o exército.

Não houve reivindicação de responsabilidade imediata, mas os ataques levavam a marca do Boko Haram, que tem tentado estabelecer um estado Islâmico no nordeste do país, matando milhares e deslocando mais de 2 milhões de pessoas.

Em um ataque, uma mulher se explodiu em frente ao campo de Bakasi para pessoas desabrigadas nos arredores de Maiduguri, matando cinco homens e ferindo 11 mulheres, disse o exército em comunicado.

Aproximadamente ao mesmo tempo, outra mulher-bomba se explodiu enquanto tentava entrar em um depósito de combustível da empresa de petróleo estatal NNPC, matando três pessoas, segundo o exército.

Moradores viram corpos sendo carregados para dentro de ambulâncias por serviços de emergência do governo.

O Boko Haram controlava uma faixa de terra do tamanho da Bélgica no início de 2015, mas o exército da Nigéria, ajudado por tropas de países vizinhos, recapturou a maior parte do território.

O grupo ainda encena ataques suicidas no nordeste, bem como nos vizinhos Níger e Camarões.

(Por Lanre Ola, Ahmed Kingimi e Kolawole Adewale)

(Por Flavia Bohone; Edição de)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos