Estado Islâmico usa drones para atacar exército iraquiano em Mosul

MOSUL, Iraque (Reuters) - O Estado Islâmico tem usado drones para atacar tropas iraquianas que estão avançando sobre Mosul, a maior fortaleza urbana do grupo militante no país, disse o exército nesta quinta-feira.

As forças iraquianas, com apoio de uma coalizão liderada pelos EUA, lançaram uma ofensiva em 17 de outubro para retomar Mosul, na campanha mais complexa dentro do Iraque desde a invasão norte-americana de 2003 que destituiu Saddam Hussein.

Oficiais do exército mostraram a jornalistas vários drones que parecem modelos de aviões que dizem que o grupo construiu para procurar alvos ou lançar ataques.

"Estes drones foram encontrados em uma das casas (retomadas pelo exército)", disse o Tenente General Abdul Wahab al-Saidi do serviço de combate ao terrorismo do Iraque, treinado pelos EUA, a repórteres em um quartel general em um subúrbio de Mosul.

"Daesh usam drones para vigilância e, às vezes, acoplam explosivos a eles e usam para mirar comandantes ou quartéis-generais", ele disse, usando um termo depreciativo para o Estado Islâmico. Ele não disse se os ataques tiveram sucesso.

Outro oficial disse que os drones têm um alcance médio de uma a uma milha e meia.

(Por Ulf Laessing)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos