Procurador da Lava Jato diz que equipe vai renunciar se pacote contra corrupção for aprovado como passou na Câmara

(Reuters) - O procurador Fernando Lima, integrante da Lava Jato, disse que a equipe que integra investigações da força-tarefa vai renunciar se o pacote de medidas contra a corrupção for aprovado como passou na madrugada desta quarta-feira na Câmara do Deputados.

"Nossa proposta é de renunciar coletivamente se a medida for aprovada", afirmou Lima.

A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria medidas de combate à corrupção, incluindo a criminalização do crime de caixa dois, mas os deputados derrubaram diversos pontos do texto original e incluíram temas polêmicos, como a punição a juízes e procuradores.

Foi incluído no texto dispositivo que prevê a responsabilização de magistrados e membros do Ministério Público por crimes de abuso de autoridade, entre eles a suposta atuação com motivação político-partidária, segundo a Agência Câmara Notícias.

A matéria agora será enviada ao Senado.

(Por Tatiana Ramil)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos