Putin diz que Assad, Irã e Turquia concordam em realizar conversas sobre a Síra no Cazaquistão

MOSCOU (Reuters) - O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta sexta-feira que Rússia, Irã, Turquia e o presidente sírio, Bashar al-Assad, concordaram que Astana, capital do Cazaquistão, será o local de novas conversas de paz na Síria.

A Rússia, Irã e Turquia realizaram conversas em Moscou na terça-feira, após as quais disseram estar prontos para ajudar a mediar um acordo de paz na Síria.

Putin propôs a realização das negociações no Cazaquistão, um aliado próximo da Rússia.

Nesta sexta-feira, Putin disse que a desocupação de Aleppo não teria sido possível sem ajuda da Rússia, Irã e Turquia ou a boa vontade de Assad.

O próximo passo para a Síria é um cessar-fogo nacional, disse.

O vice-chanceler russo, Gennady Gatilov, disse anteriormente nesta sexta-feira que espera que as conversas em Astana sejam realizadas em meados de janeiro.

(Reportagem de Katya Golubkova, Vladimir Soldatkin e Denis Pinchuk)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos