Mulher de autor do ataque ao Parlamento britânico condena atentado

LONDRES (Reuters) - A mulher do homem que matou quatro pessoas perto do Parlamento britânico na semana passada disse nesta terça-feira que condena totalmente o ataque, e ofereceu suas condolências às vítimas.

O inglês Khalid Masood atropelou pedestres na Ponte de Westminster com um carro em alta velocidade, deixando três mortos e cerca de 50 feridos, e depois matou a facadas um policial do Parlamento, até ser mortos a tiros pela polícia, na quarta-feira.

"Estou triste e chocada pelo que Khalid fez", disse Rohey Hydara em comunicado. "Condeno totalmente as ações dele. Expresso minhas condolências às famílias das vítimas que morreram, e desejo uma rápida recuperação a todos os feridos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos