Reino Unido busca linhas gerais de acordo de transição do Brexit até 1º tri de 2018

LONDRES (Reuters) - O Reino Unido quer estabelecer um acordo básico com a União Europeia sobre as condições de transição que entrarão em vigor após sua saída do bloco até o primeiro trimestre de 2018, afirmou o ministro britânico para o Brexit, David Davis, nesta quarta-feira.

O Reino Unido está buscando um chamado período de implementação de cerca de dois anos após sua saída da União Europeia em março de 2019, durante o qual seu acesso ao mercado único da UE permaneceria majoritariamente inalterado, enquanto novas condições são estabelecidas.

Empresas estão ansiosas para saber os detalhes de tal acordo o mais rápido possível para pôr um fim na incerteza sobre as regras comerciais que enfrentarão após o Brexit.

"Eu estou visando conseguir certamente as linhas gerais acordadas, se nós pudermos, no primeiro trimestre (de 2018)... mas é uma negociação", disse Davis a uma comissão parlamentar.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos