CORREÇÃO-Atirador mata 9 pessoas do lado de fora de igreja copta perto do Cairo

(Corrige total de mortos no título e no 1º parágrafo para 9, incluindo um policial)

CAIRO (Reuters) - Um homem armado abriu fogo contra fiéis e membros de forças de segurança do Egito perto de uma igreja copta nos arredores do Cairo nesta sexta-feira e matou ao menos nove pessoas, antes de ser ferido e preso, informou o Ministério do Interior egípcio.

Relatos anteriores de fontes da área de segurança e da mídia estatal deram conta de que ao menos dois agressores tinham participado do ataque, sendo que um deles teria sido morto e outro teria escapado. O Ministério do Interior não explicou as razões para os números diferentes.

Segundo o ministério, o atirador abriu fogo primeiro em uma loja a 4 quilômetros de distância, matando duas pessoas. Depois seguiu para a igreja Mar Mina em Helwan, subúrbio ao sul do Cairo, onde voltou a abrir fogo e lançou um artefato explosivo.

Não houve reivindicação de responsabilidade imediata para o ataque. Militantes islâmicos já reivindicaram diversos ataques contra a minoria cristã do Egito nos últimos anos, incluindo dois ataques a bomba em abril e uma explosão na principal catedral copta do país, em abril de 2016, que matou 28 pessoas.

No total 11 pessoas morreram no ataque desta sexta-feira, incluindo um policial que estava na igreja, de acordo com o Ministério do Interior e a igreja copta. A igreja copta relatou que uma jovem morreu depois devido aos ferimentos, elevando o total de civis mortos na Igreja para oito.

A igreja tinha reforço policial devido aos preparativos para as celebrações do Natal ortodoxo na próxima semana.

(Reportagem de Ahmed Mohamed Hassan e Amr Abdallah)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos