Arábia Saudita substitui militares e promove mulher no Ministério do Trabalho

Por Stephen Kalin

RIAD (Reuters) - A Arábia Saudita substituiu alguns de seus militares de mais alta patente em uma reforma que promove uma nova geração, coloca uma mulher em um posto de primeiro escalão do governo e aumenta o controle do príncipe da coroa Mohammed bin Salman no poder.

Em uma reformulação anunciada na noite de segunda-feira, os comandantes do Estado Maior Militar, da Defesa Aérea e das Forças Terrestres e autoridades graduadas dos Ministérios da Defesa e do Interior foram afastados. Tamadur bint Youssef al-Ramah se tornou vice-ministra do Trabalho, um cargo de alto escalão raro para uma mulher no reino altamente conservador.

    O príncipe da coroa, que aos 32 anos também é o ministro da Defesa e o herdeiro real, prometeu reformas para diminuir a dependência da Arábia Saudita das exportações de petróleo, criar empregos e arejar o estilo de vida rígido dos sauditas. Desde sua ascensão, três anos atrás, ele ainda tirou de cena uma série de aparentes rivais ao trono.

    Seu primo Mohammed bin Nayef perdeu os papéis de príncipe herdeiro e ministro do Interior em um golpe palaciano em junho passado, após o qual o príncipe Mohammed reestruturou o ministério para estabelecer um controle maior sobre a inteligência e o contraterrorismo.

    Outro primo, o príncipe Miteb bin Abdullah, foi retirado do comando da Guarda Nacional em novembro e detido por dois meses em uma operação anticorrupção que levou à detenção de dezenas de integrantes da elite econômica e política do reino.

    As trocas de pessoal mais recentes foram decretadas pelo rei Salman e publicadas na mídia estatal. Não se comunicou nenhuma razão, mas as alterações parecem ter permitido ao príncipe Mohammed colocar sua marca pessoal de autoridade em escalões elevados dos militares.

    (Reportagem adicional de Sami Aboudi e Katie Paul em Dubai e Omar Fahmy no Cairo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos