PUBLICIDADE
Topo

Japão se prepara para retomar caça comercial de baleias, diz agência de notícias

Baleia nada no oceano Pacífico em migração anual para a Antártida - Luis Robayo / AFP
Baleia nada no oceano Pacífico em migração anual para a Antártida Imagem: Luis Robayo / AFP

20/12/2018 09h33

(Reuters) - O Japão se desfiliará da Comissão Baleeira Internacional (IWC) para retomar a caça comercial de baleias, reportou nesta quinta-feira a agência de notícias Kyodo News, citando fontes do governo.

A saída do Japão da IWC está planejada para 2019 e será anunciada no final deste ano, segundo a reportagem.

O governo japonês está cogitando retomar a caça de baleias somente em mares próximos ao Japão e de sua zona econômica exclusiva, relatou a Kyodo.

No início deste ano, as tentativas de Tóquio para reverter uma proibição global à caça comercial de baleias fracassaram quando nações contrárias à prática derrotaram uma proposta japonesa que teria permitido a caça.

O Japão suspendeu a caça comercial de baleias em 1982, alinhando-se a uma moratória adotada pela IWC. Mesmo assim, o país caça baleias no Oceano Antártico desde 1987 para o que classifica como fins de "pesquisa científica", mas que tem sido criticado internacionalmente como um disfarce para fins comerciais.

O Japão tem há muito argumentado que a maioria das espécies de baleia não está ameaçada e que comer o animal é uma parte importante da cultura culinária do país.

(Reportagem de Rishika Chatterjee em Bengaluru)