PUBLICIDADE
Topo

EXCLUSIVO-Relatora da ONU liderará inquérito internacional sobre morte de Khashoggi

24/01/2019 19h21

Por Stephanie Nebehay

GENEBRA (Reuters) - A relatora especial da Organização das Nações Unidas para Execuções Sumárias, Abitrárias e Extrajudiciais disse à Reuters nesta quinta-feira que irá para a Turquia na próxima semana para comandar um “inquérito internacional independente” sobre a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi.

Khashoggi, colunista do Washington Post e crítico do príncipe Mohammed bin Salman, foi morto e desmembrado por agentes sauditas no consulado do país em Istambul, em 2 de outubro, o que provocou indignação internacional.

Mais cedo nesta quinta, o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, disse ser o momento para um investigação internacional, e que o presidente Tayyip Erdogan ordenou a execução de preparativos.

“Comandarei um inquérito internacional sobre a morte do jornalista saudita sr. Jamal Kashoggi, começando com uma visita à Turquia de 28 de janeiro a 3 de fevereiro de 2019”, disse a investigadora independente da ONU Agnès Callamard por email em resposta à Reuters em Genebra.

Callamard disse que avaliaria as circunstâncias do crime, e “a natureza e a extensão das responsabilidades de Estados e indivíduos pela assassinato”.

“Minhas descobertas e recomendações serão relatadas ao Conselho de Direitos Humanos da ONU na sessão de junho de 2019”, disse Callamard.

O inquérito será conduzido a pedido dela e a acompanharão três especialistas com habilidades forenses, entre outras, disse a relatora, sem mencionar o nome deles por enquanto.

Não há notícias até o momento de que a equipe tenha tentado ganhar acesso à Arábia Saudita.