PUBLICIDADE
Topo

Padre diz que Bolsonaro é "bandido" e que eleitor dele precisa se confessar

06/07/2020 09h10

Um padre do interior de SP chamou o presidente Jair Bolsonaro de "bandido" e disse que quem votou nele "tem que se confessar" e "pedir perdão a Deus pelo pecado que cometeu". "O padre não pode falar que o governo não presta porque o povo não quer ouvir isso?", questiona Edson Adélio Tagliaferro, da igreja matriz Nossa Senhora das Dores, na cidade de Artur Nogueira (SP). A fala consta em filmagem que circulou pela internet neste domingo (5).

Vídeos