PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

'Forças Armadas não estão disponíveis para aventura inconstitucional', diz ex-ministro da Defesa

25/08/2021 09h32

Com as crescentes pressões de Jair Bolsonaro (sem partido) sob os Poderes nacionais e adversários políticos, o ex-ministro da Defesa Raul Jungmann acredita que o pior cenário para as eleições de 2022 é o atual presidente perder o pleito e não aceitar a derrota. Em entrevista ao UOL News, o ex-ministro disse estar preocupado com o artigo da Constituição sobre a GLO (garantia de lei e ordem). Isso porque, de acordo com o texto, quem pode colocar as Forças Armadas na rua é somente o mandante do país. "O pior cenário é que o presidente venha a perder a eleição, não reconheça o resultado e desate em violência", falou."Há um grupos de policiais que tem identidade com Bolsonaro, que vem os cortejando, e este clima de acirramento, que é o que mais me preocupa, poderá desaguar em manifestações e o que chamo de derrapagem, que é a decorrência de conflitos violentos", disse o ex-ministro.

Vídeos