Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Crise na Líbia
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/110712_libia4_album.htm
  • totalImagens: 157
  • fotoInicial: 6
  • imagePath: http://n.i.uol.com.br/ultnot/album/
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:direita
  • timestamp: 20121011093317
    • Muammar Gaddafi [48821];
    • Crise no Mundo Árabe [47282];
    • Líbia [5851];
    • Crise no Mundo Árabe [47282];
Fotos
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>12.jul.2011</b> - Ali Tarhouni, integrante do Conselho Nacional de Transição da Líbia, chegou de avião a uma área montanhosa ao sul de Trípoli, onde alguns rebeldes estão concentrados para levar ajuda humanitária, estabelecendo uma ligação entre Benghazi e a região Ammar Awad/Reuters Mais
<b>19.jul.2011</b> - Rebelde ergue rifle ao chegar em uma das entradas da cidade de Brega. Os opositores de Muammar Gaddafi afirmam ter assumido o controle da cidade petrolífera Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>19.jul.2011</b> - Rebeldes líbios em trecho da estrada que leva a Ajdabiya, perto de Brega, cidade da qual os opositores de Muammar Gaddafi afirmam ter assumido o controle Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>19.jul.2011</b> - Rebeldes líbios em trecho da estrada que leva a Ajdabiya, perto de Brega, cidade da qual os opositores de Muammar Gaddafi afirmam ter assumido o controle Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>19.jul.2011</b> - Rebeldes líbios em trecho da estrada que leva a Ajdabiya, perto da cidade estratégica de Brega, a qual os opositores de Muammar Gaddafi afirmam ter controlado Sergey Ponomarev/AP Mais
<B>19.jul.2011</b> - Rebeldes líbios durante funeral de um colega em em Ajdabiyah, morto pelas forças leais a Muammar Gaddafi Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<b>28.jul.2011</b> - O Conselho Nacional Transitório (CNT), principal autoridade rebelde líbia, anunciou a morte do chefe do Estado-Maior das forças insurgentes, Abdel Fatah Younes. Ele teria sido morto a tiros após ser interrogado por um grupo de homens armados Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>28.jul.2011</b> - O presidente do Conselho Nacional Transitório (CNT), Mustafa Abdel Jalil, anuncia a morte do chefe do Estado-Maior das forças insurgentes, Abdel Fatah Younes, durante uma coletiva em Benghazi. Ele teria sido morto a tiros após ser interrogado por um grupo de homens armados Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>9.ago.2011</b> - Uma série de explosões foram vistas em Trípoli, na Líbia. O governo líbio não informou se a cidade foi alvo de novos ataques das forças de coalizão Dario Lopez-Mills/AP Mais
<b>9.ago.2011</b> -Funeral de 28 funcionários do governo líbio que foram mortos após ataque das forças da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em Majar Caren Firouz/Reuters Mais
<b>9.ago.2011</b> -Homem chora em local bombardeado pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em Majar; 28 funcionários do governo líbio morreram no ataque Caren Firouz/Reuters Mais
<b>18.ago.2011</b> - O primeiro ministro líbio, Al-Baghdadi Ali Al-Mahmoud, comanda reunião do governo em Trípoli. Segundo o premiê, o regime de Gaddafi está negociando com os rebeldes uma saída para a crise no país Dario Lopez-Mills/AP Mais
<B>19.ago.2011</b> - Rebelde líbio em frente a uma loja fechada na cidade de Zawiya, onde os confrontos entre rebeldes e forças de segurança se intensificaram nos últimos dias Marc Hofer/AFP Mais
<B>19.ago.2011</b> - Rebeldes líbios na cidade de Zawiya, onde os confrontos entre rebeldes e forças de segurança se intensificaram nos últimos dias Marc Hofer/AFP Mais
<b>20.ago.2011</b> - Centenas participam de um dos primeiros protestos contra o líder Muammar Gaddafi em Trípoli; os rebeldes avançaram e chegaram à capital, até então o refúgio do ditador Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>20.ago.2011</b> - Centenas participam de um dos primeiros protestos contra o líder Muammar Gaddafi em Trípoli; os rebeldes avançaram e chegaram à capital, até então o refúgio do ditador Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>20.ago.2011</b> - Centenas participam de um dos primeiros protestos contra o líder Muammar Gaddafi em Trípoli; os rebeldes avançaram e chegaram à capital, até então o refúgio do ditador Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> -Combatentes rebeldes passam por Jdaim, a oeste de Trípoli, neste domingo (21). Hoje, aviões da Otan bombardearam o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> -Rebelde segura a bandeira antiga da Líbia em Gadayem, a oeste da capital Trípoli, neste domingo. Aviões da Otan bombardearam o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> - População comemora a notícia de bombardeios contra o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o avanço de rebeldes de Benghazi sobre a capital Trípoli. Aviões da Otan bombardearam o QG do ditador e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> - População comemora a notícia de bombardeios contra o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o avanço de rebeldes de Benghazi sobre a capital Trípoli. Aviões da Otan bombardearam o QG do ditador e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AP Mais
<b>21.ago.2011</b> - População comemora a notícia de bombardeios contra o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o avanço de rebeldes de Benghazi sobre a capital Trípoli. Aviões da Otan bombardearam o QG do ditador e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AP Mais
<b>21.ago.2011</b> - População comemora a notícia de bombardeios contra o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o avanço de rebeldes de Benghazi sobre a capital Trípoli. Aviões da Otan bombardearam o QG do ditador e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AP Mais
<b>21.ago.2011 -</b> Fumaça originária do fogo de artilharia pesada disparada pela Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) é vista no céu de Trípoli, capital da Líbia, neste domingo (21). Aviões da Otan bombardearam o quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi e o aeroporto de Maitika, também na capital do país AP Mais
<b>21.ago.2011</b>Rebeldes comemoram dentro de uma base militar dos soldados do ditador líbio, Muamar Gaddafi, a tomada do quartel-general de Gadaffi e o avanço de rebeldes de Benghazi sobre a capital Trípoli. Aviões da Otan bombardearam o QG do ditador e o aeroporto de Maitika, também na capital do país Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>21.ago.2011</b>Rebelde caminha perto de um veículo pertencente a um combatente do ditador Muamar Gaddafi, na Líbia Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> - Rebeldes bloqueiam entrada de uma ponte a oeste do centro de Trípoli, capital líbia Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> - Pessoas circulam pelo saguão do hotel Rixos, em Trípoli, onde estão hospedados a maioria dos jornalistas estrangeiros. A cidade é palco de violentos ataques há mais de 24 horas devido ao avanço dos rebeldes Dario Lopez-Mills/AP Mais
<B>21.ago.2011</b> - Seif al-Islam Gaddafi, um dos filhos de Muammar Gaddafi, durante encontro com jovens líbios em março deste ano. Seif foi capturado pelos rebeldes, segundo um porta-voz da oposição, durante o avanço dos manifestantes em Trípoli Mahmud Turkia/AFP Mais
<b>21.ago.2011</b> - Jornalistas colocam capacetes e coletes a prova de balas, no hotel Rixos, em Trípoli, onde estão hospedados a maioria dos jornalistas estrangeiros. A cidade é palco de violentos ataques há mais de 24 horas devido ao avanço dos rebeldes Paul Hackett/Reuters Mais
<b>21.ago.2011</b> - Jornalistas colocam capacetes e coletes a prova de balas, no hotel Rixos, em Trípoli, onde estão hospedados a maioria dos jornalistas estrangeiros. A cidade é palco de violentos ataques há mais de 24 horas devido ao avanço dos rebeldes Dario Lopez-Mills/AP Mais
<b>21.ago.2011</b> - Jornalistas colocam capacetes e coletes a prova de balas, no hotel Rixos, em Trípoli, onde estão hospedados a maioria dos jornalistas estrangeiros. A cidade é palco de violentos ataques há mais de 24 horas devido ao avanço dos rebeldes Paul Hackett/Reuters Mais
<b>21.ago.2011</b> - O porta-voz do regime líbio, Moussa Ibrahum, durante entrevista concedida em Trípoli, capital da Líbia. Elel negou o avanço dos rebeldes na capital e critiou a atuação da Otan na crise líbia AP Mais
<b>21.ago.2011</b> - Manifestante exibe cartaz com caricatura de Gaddafi durante protesto em Trípoli Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<B>21.ago.2011</b> - Rebeldes em praça de Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<B>21.ago.2011</b> - Rebeldes em praça de Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<B>21.ago.2011</b> - Rebeldes celebram em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, a captura de três filhos de Muammar Gaddafi pelos rebeldes em Trípoli Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes em praça de Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes em praça de Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Milhares de rebeldes em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Milhares de rebeldes em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, comemoram o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebelde faz o ?V da vitória? na cidade de Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, para comemorar o avanço dos manifestantes em Trípoli, na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes caminham com bandeira da Líbia em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, para comemorar o avanço dos manifestantes em Trípoli, na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Jovem carrega bandeira da Líbia em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi, para comemorar o avanço dos manifestantes em Trípoli, na tentativa de encerrar o regime do ditador líbio Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>O cenário de um telejornal da TV estatal líbia, em Trípoli, capital da Líbia, é abandonado depois que os rebeldes entraram na cidade e anunciaram a prisão de três filhos do ditador Muammar Gaddafi. Os combatentes rebeldes afirmam ter dominado a maior parte da capital, com exceção do quartel-general de Gaddafi Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Garoto mostra desenho com o ditador líbio Muammar Gaddafi e Saif al-Islam, um de seus filhos, enforcados durante manifestação em Benghazi, a segunda maior cidade do país e reduto dos opositores de Muammar Gaddafi. Milhares de rebeldes saíram às ruas em Benghazi para comemorar o avanço dos manifestantes em Trípoli na tentativa de encerrar o regime de mais de 40 anos de Gaddafi Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Soldados rebeldes patrulham bairro residencial de Trípoli, capital da Líbia. No domingo, os rebeldes fizeram um ataque surpresa contra a capital líbia e já detêm o controle de quase 90% da cidade. O ponto mais crítico ainda é o complexo residencial do ditador Muammar Gaddafi Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Soldados rebeldes patrulham bairro residencial de Trípoli, capital da Líbia. No domingo, os rebeldes fizeram um ataque surpresa contra a capital líbia e já detêm o controle de quase 90% da cidade. O ponto mais crítico ainda é o complexo residencial do ditador Muammar Gaddafi Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios revistam carro em ponto de checagem no bairro de Qarqarsh, em Trípoli. Combates violentos explodiram nesta segunda-feira em Trípoli em volta do quartel-general do líder líbio Muammar Gaddafi, horas após rebeldes terem assumido o controle da maior parte da capital Bob Strong/ Reuters Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios comemorarm sobre carro na região do bairro de Qarqarsh, em Trípoli. Combates violentos explodiram nesta segunda-feira em Trípoli em volta do quartel-general do líder líbio Muammar Gaddafi, horas após rebeldes terem assumido o controle da maior parte da capital Bob Strong/ Reuters Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios destroem retrado do ditador Muammar Gaddafi, em Trípoli. Combates violentos explodiram nesta segunda-feira em Trípoli em volta do quartel-general do líder líbio Muammar Gaddafi, horas após rebeldes terem assumido o controle da maior parte da capital Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios se abraçam diante de base militar em Trípoli. Combates violentos explodiram nesta segunda-feira em Trípoli em volta do quartel-general do líder líbio Muammar Gaddafi, horas após rebeldes terem assumido o controle da maior parte da capital Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios se abraçam diante de base militar em Trípoli. Combates violentos explodiram nesta segunda-feira em Trípoli em volta do quartel-general do líder líbio Muammar Gaddafi, horas após rebeldes terem assumido o controle da maior parte da capital Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios atiram contra forças leais ao ditador Muammar Gaddafi durante confronto em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebelde líbio joga água em carro incendiado durante confronto com forças leais ao ditador líbio Muammar Gaddafi, em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Rebeldes líbios carregam armas diante de carro incendiado durante confronto com forças leais ao ditador Muammar Gaddafi, em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b> Em Benghazi, homem agita bandeira e uma arma durante comemoração pela chegada dos rebeldes líbios em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Esam Al-Fetori/ Reuters Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes líbios fazem sinal de vitória em Trípoli, capital do país. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muamar Gaddafi acabou e que espera que ele seja capturado vivo Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Nesta vista da cidade de Trípoli (Líbia), fumaça provocada pelos rebeldes pode ser vista em um dos bairros. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muamar Gaddafi acabou e que espera que ele seja capturado vivo Filippo Monteforte/AFP Mais
Rebeldes descansam perto de estrada em Zawiya, na Líbia, em foto tirada em 19 de agosto. A via é a principal ligação entre Trípoli e a Tunísia Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebelde controla carros com famílias fugindo de Trípoli em um cruzamento próximo à cidade de Zawiya, na Líbia. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes carregam caminhão com munição perto da base militar da Brigada Khamis, em al-Maya, na Líbia. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebeldes fazem vigília em tanque em al-Maya, na Líbia. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Rebelde comemora vitória em cima de um veículo ZSU-23 pego de um depósito militar da Brigada Khamis, em Al-Maya, na Líbia. Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Líbios celebram em Benghazi a entrada dos rebeldes em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Nicole Tung/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Líbios celebram em Benghazi a entrada dos rebeldes em Trípoli. O líder do Conselho Nacional de Transição (CNT), órgão político da rebelião na Líbia, afirmou nesta segunda-feira que a era de Muammar Gaddafi "acabou" e disse esperar que ele seja capturado "vivo", enquanto prosseguem os combates em Trípoli Nicole Tung/The New York Times Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Imagem de vídeo exibido pela CNN mostra Saif al-Islam, filho de Muammar Gaddafi. Ele afirmou que o pai está em Trípoli com a família Reprodução/CNN Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Saif al-Islam, um dos filhos do ditador líbio Muammar Gaddafi, negou nesta segunda-feira (manhã de terça-feira, horário local) ter sido capturado por rebeldes, conforme anteriormente foi divulgado pela imprensa internacional Dario Lopez-Mills/AP Mais
<b>22.ago.2011 -</b>Saif al-Islam, um dos filhos do ditador líbio Muammar Gaddafi, apereceu em público na noite desta segunda-feira (manhã de terça-feira, horário local). Ele afirma que seu pai está seguro em Trípoli com a família Paul Hackett/Reuters Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Combatente rebelde caminha em Trípoli, capital da Líbia, na manhã desta terça-feira (23) Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Rebeldes líbios protegem uma das entradas de Trípoli (capital da Líbia), no leste da cidade Mahmud Turkia/AFP Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Garoto faz o símbolo da vitória em frente a muro coberto com pichações contra o ditador Muammar Gaddafi, em Trípoli, capital da Líbia Mahmud Turkia/AFP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Mulheres gesticulam para a câmera, em Trípoli. Violentos combates com artilharia pesada e foguetes aconteciam nesta terça-feira (23) ao redor do complexo residencial do coronel líbio Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, na capital líbia Filippo Monteforte/ AFP Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Rebeldes líbios mantêm controle de parte de Trípoli, capital da Líbia, nesta terça-feira. Violentos combates com artilharia pesada e foguetes aconteciam nesta terça-feira (23) ao redor do complexo residencial do coronel líbio Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, na capital líbia Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Rebelde líbio carrega arma, em Trípoli. Violentos combates com artilharia pesada e foguetes aconteciam nesta terça-feira ao redor do complexo residencial do coronel líbio Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, na capital líbia Filippo Monteforte/ AFP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Explosão provoca coluna de fumaça próximo ao complexo residencial de Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, em Trípoli. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Coluna de fumaça é vista no interior do complexo residencial de Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, em Trípoli. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b>Rebeldes líbios observam combate na região do complexo residencial de Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, em Trípoli. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebelde observa interior do do complexo residencial de Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, em Trípoli. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Sergey Ponomarev/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Fumaça é vista no interior do complexo residencial de Muammar Gaddafi, no bairro de Bab al-Aziziya, em Trípoli. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Louafi Larbi/ Reuters Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebelde líbio sobe em estátua localizada no complexo residencial de Muammar Gaddafi, em Trípoli, em imagem retirada de TV. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi APTN/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebeldes líbios comemoram após invasão no complexo residencial de Muammar Gaddafi, em Trípoli, em imagem retirada de TV. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi APTN/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebeldes líbios pisam em estátua de Muammar Gaddafi, em Trípoli, após invasão do complexo residencial do ditador líbio, em imagem retirada de TV. Os rebeldes tomaram controle do quartel-general do ditador líbio Muammar Gaddafi, segundo a agência de notícias Associated Press. Centenas de rebeldes invadiram os portões do quartel de Bab al-Aziziya após horas de intenso tiroteio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi APTN/ AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebeldes líbios comemoram tomada do complexo residencial do ditador líbio em Trípoli. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Moradores celebram a tomada do complexo residencial do ditador líbio em Trípoli. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebeldes líbios apontam armas para estátua de Muammar Gaddafi, em Trípoli, após invasão do complexo residencial do ditador líbio. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>23.ago.2011 - </b> Rebeldes líbios comemoram tomada do complexo residencial do ditador líbio em Trípoli. O local era uma das poucas áreas sob o comando do regime de Gaddafi Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>23.ago.2011</b> - Rebeldes disparam tiros para o alto para celebrar a tomada da Praça Verde, em Trípoli Folippo Monteforte/AFP Mais
<b>23.ago.2011</b> - Local atacado pelos rebeldes no complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli Louafi Larbi/Reuters Mais
<b>23.ago.2011</b> - Local atacado pelos rebeldes no complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli Louafi Larbi/Reuters Mais
<b>23.ago.2011</b> - Rebeldes comemoram a tomada do complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli Filippe Monteforte/AFP Mais
<b>23.ago.2011</b> - Rebeldes comemoram a tomada do complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli Mahmud Turkia/AFP Mais
<b>23.ago.2011</b> - Mulheres passeiam no centro de Benghazi, cidade reduto dis rebeldes Alexandre Meneghini/AP Mais
<b>23.ago.2011</b> - Rebeldes comemoram a tomada do complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>23.ago.2011</b> - Multidão comemora na cidade de Benghazi o avanço dos rebeles líbios. Nesta terça-feira, o ditador Muammar Gaddafi apareceu em um pronunciamento e declarou "morte ou vitória" contra os rebeldes Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>23.ago.2011</b> - Líbio dispara forte armamento para comemorar, em Benghazi, o avanço dos rebeles líbios. Nesta terça-feira, o ditador Muammar Gaddafi apareceu em um pronunciamento e declarou "morte ou vitória" contra os rebeldes Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<b>23.ago.2011</b> - Mulheres comemoram na cidade de Benghazi o avanço dos rebeles líbios no país. Nesta terça-feira, o ditador Muammar Gaddafi apareceu em um pronunciamento e declarou "morte ou vitória" contra os rebeldes Gianluigi Guercia/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Imagem de satélite de terça-feira (23) e divulgada hoje mostra o complexo residencial do ditador Muammar Gaddafi, em Trípoli, na Líbia. Gaddafi afirmou que passeou de maneira incógnita por Trípoli e convocou os habitantes a "limpar" a capital dos combatentes rebeldes, em uma mensagem de áudio divulgada nesta quarta-feira pelo canal sírio Arrai DigitalGlobe/ Reuters Mais
<b>24.ago.2011</b> - Manifestante pisa em pôster do ditador Muammar Gaddafi em uma rua de Trípoli. Gaddafi afirmou que passeou de maneira incógnita por Trípoli e convocou os habitantes a "limpar" a capital dos combatentes rebeldes, em uma mensagem de áudio divulgada nesta quarta-feira pelo canal sírio Arrai Patrick Baz/ AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Carro destruído bloqueia rua deserta de Trípoli na madrugada desta quarta-feira. Gaddafi afirmou que passeou de maneira incógnita por Trípoli e convocou os habitantes a "limpar" a capital dos combatentes rebeldes, em uma mensagem de áudio divulgada nesta quarta-feira pelo canal sírio Arrai Patrick Baz/ AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Imagem divulgada nesta quarta-feira mostra momento em que bandeira usada pelos rebeldes líbios é exibida em mesquita em Janzour, oeste de Trípoli. Gaddafi afirmou que passeou de maneira incógnita por Trípoli e convocou os habitantes a "limpar" a capital dos combatentes rebeldes, em uma mensagem de áudio divulgada nesta quarta-feira pelo canal sírio Arrai Ismail Zitouny/ Reuters Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebelde líbio comemora usando chapéu, corrente e um cetro saqueados do complexo residencial de Muammar Gaddafi, em Bab al-Aziziya, em Trípoli, na última terça-feira. Os combates prosseguiam nesta quarta-feira no centro de Trípoli, no bairro de Bab al Aziziya, onde a rebelião assumiu o controle do quartel-general vazio do ditador líbio Muammar Gaddafi Bryan Denton/The New York Times Mais
<b>24.ago.2011</b> - Os combates prosseguiam nesta quarta-feira no centro de Trípoli, no bairro de Bab al Aziziya, onde a rebelião assumiu o controle do quartel-general vazio do ditador líbio Muammar Gaddafi Francois Mori/ AP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Os combates prosseguiam nesta quarta-feira no centro de Trípoli, onde a rebelião assumiu o controle do quartel-general vazio do ditador líbio Muammar Gaddafi Francois Mori/ AP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebelde líbio escala estátua de Muammar Gaddafi dentro do complexo do ditador em Trípoli, capital da Líbia Francois Mori/AP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebelde atira de dentro do complexo Bab al Aziziya, em Trípoli, capital da Líbia. Intensos confrontos eclodiram nesta quarta-feira entre leais ao regime de Gaddafi e rebeldes, que afirmam que já tomaram o controle de quase toda a capital Francois Mori/AP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebeldes líbios celebram na recém-criada praça do Mártir, antiga praça Verde, no centro da capital Trípoli, onde a rebelião assumiu o controle do quartel-general vazio do ditador Muammar Gaddafi Mahmud Turkia/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebeldes se reúnem no complexo Bab al Aziziya, em Trípoli Patrick Baz/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebelde fortemente armado faz guarda no complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli, capital da Líbia Patrick Baz/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebeldes líbios em tenda onde o ditador Muammar Gaddafi recebia autoridades estrangeiras no complexo de Bab al Aziziya, em Trípoli, capital da Líbia Patrick Baz/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebeldes da Líbia pisam sobre um tapete de parede que tem um retrato do ditador Muammar Gaddafi em uma rua de Trípoli Patrick Baz/AFP Mais
<b>24.ago.2011</b> - Rebelde corre durante combate na rua de Al Hadaba, cidade situada ao leste de Trípoli Louafi/Reuters Mais
<b>24.ago.2011</b> - Médicos tratam de um rebelde líbio ferido em uma clínica improvisada no aeroporto de Trípoli Filippo Monteforte/AFP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Os rebeldes líbios usaram uma aeronave não tripulada de vigilância (também conhecido como drone) de fabricação canadense em suas operações de ataques coordenados contra forças leais ao ditador Muammar Gaddafi, segundo informações do jornal "The New York Times" Aeryon Labs via The New York Times Mais
<b>25.ago.2011</b> - Pôster divulgado pelo grupo de mídia oposicionista Al-Manara propõe recompensa de US$ 1,7 milhão para quem capturar o ditador líbio Muammar Gaddafi vivo ou morto. O grupo convocou a população para pendurar o pôster por toda a Líbia. Segundo a revista francesa "Paris Match", comandos especiais das forças rebeldes na Líbia chegaram perto de capturar e derrubar Gaddafi na quarta-feira (24) quando realizaram uma operação em uma residência em Trípoli onde o líder parecia estar escondido Al-Manara Media/ AFP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes líbios invadiram a tiros um hotel em Trípoli, capital da Líbia, onde grande parte da imprensa internacional está hospedada para a cobertura do conflito. Os rebeldes se preparam para atacar um bairro onde podem estar escondidos o ditador Muammar Gaddafi e seus filhos Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes líbios invadiram a tiros um hotel em Trípoli, capital da Líbia, onde grande parte da imprensa internacional está hospedada para a cobertura do conflito. Os rebeldes se preparam para atacar um bairro onde podem estar escondidos o ditador Muammar Gaddafi e seus filhos Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes líbios invadiram a tiros um hotel em Trípoli, capital da Líbia, onde grande parte da imprensa internacional está hospedada para a cobertura do conflito. Os rebeldes se preparam para atacar um bairro onde podem estar escondidos o ditador Muammar Gaddafi e seus filhos Louafi Larbi/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebelde líbio aponta seu rifle para retrato do ditador Muammar Gaddafi. Grupo de mídia oposicionista Al-Manara propõe recompensa de US$ 1,7 milhão para quem capturar o ditador vivo ou morto. Em nova mensagem, Gaddafi pede união dos líbios contra "intervenção estrangeira" Francois Mori/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Bandeira rebelde é exibida em carro queimado em Trípoli, capital da Líbia. Grupo de mídia oposicionista Al-Manara propõe recompensa de US$ 1,7 milhão para quem capturar o ditador Muammar Gaddafi vivo ou morto. Em nova mensagem, Gaddafi pede união dos líbios contra "intervenção estrangeira" Francois Mori/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Líbios choram durante enterro de um combatente rebelde morto por forças leais ao ditador Muammar Gaddafi. Segundo Mustafá Abdeljalil, chefe do Conselho Nacional de Transição, órgão político da rebelião, mais de 20 mil pessoas morreram na Líbia desde o início dos conflitos, em meados de fevereiro Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebelde líbio posa para foto sentado em sofá emoldurado por sereia dourada com o rosto de Aisha Gaddafi, filha do ditador líbio Muammar Gaddafi, em sua casa, em Trípoli Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes líbios saqueiam complexo Bab al Aziziya, do ditador Muammar Gaddafi, em Trípoli, capital da Líbia. Objetos incluem até um urso de pelúcia Patrick Baz/AFP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Cidadãos ajudam a limpar rua de Trípoli, capital da Líbia. O Conselho de Segurança da ONU aceitou desbloquear US$ 1,5 bilhão em ativos congelados para financiar ajuda de emergência para a reconstrução do país Larbi/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes folheiam álbum de fotos da Condoleezza Rice encontrado dentro do complexo militar de Muammar Gaddafi Sergey Ponomarev/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebelde assume guarda da entrada de Colégio Policial de Mulheres em Trípoli, na Líbia Francois Mori/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Operação em acampamento militar no centro de Trípoli envolveu mais de 1.000 rebeldes Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Para capturar Gaddafi, os rebeldes invadiram dois prédios do acampamento militar no centro de Trípoli. Mais de 30 homens combatentes leais do líder líbio foram encontrados mortos Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebelde algema combatentes leais ao líder líbio Muammar Gaddafi capturados em batalha Francois Mori/AP Mais
<b>25.ago.2011</b> - Rebeldes usam metralhadoras para expulsar as forças de Muammar Gaddafi do bairro de Abu Salim, em Trípoli Zohra Bensemra/Reuters Mais
<b>25.ago.2011</b> - Cidadãos líbios recolhem lixo produzido pelas batalhas entre rebeldes e combatentes leais do líder Muammar Gaddafi Louafi Larbi/Reuters Mais
<b>26.ago.2011</b> - Detidos pelos rebeldes ficam presos em uma cela na cidade de Trípoli onde durante o regime de Gaddafi funcionava a sede da polícia secreta da Líbia. Hoje, o local está sendo usado como um centro de detenção pelos rebeldes Charles Onians/AFP Mais
<b>26.ago.2011</b> - Rebelde carrega companheiro ferido em um carrinho de mão durante um ataque a um edifício no distrito de Salah Edine, em Trípoli Francois Mori/AP Mais
<b>26.ago.2011</b> - Rebeldes se divertem na piscina da casa de Aisha Gaddafi, no distrito de Bin Ashour, em Trípoli. Aisha é filha do ditador líbio Muammar Gaddafi Youssef Boudlal/Reuters Mais
<b>26.ago.2011</b> - Menino brinca ao lado de um sofá de ouro que tem uma estátua de Aisha, filha do ditador líbio Muammar Gaddafi, em Trípoli Goran Tomasevic/Reuters Mais
<b>26.ago.2011</b> - Rebelde lê documento na casa de Al-Saadi, filho de Muammar Gaddafi, que foi ocupada há poucos dias em Trípoli Hannibal Hanschke/EFE Mais
<b>27.ago.2011</b> - Retrato gigante do ditador líbio Muammar Gaddafi, em parede de prédio de Bab al-Aziziyah, distrito de Trípoli, é alvejado por tiros Francois Mori/AP Mais
<b>28.ago.2011</b> - Homem com bandeira da Líbia colada ao corpo segura arma em um ponto de controle rebelde em Trípoli, na Líbia. As forças leais ao ditador Muammar Gaddafi se retiram de forma ordenada para evitar a captura de seus últimos combatentes, ao sul da capital Hannibal Hanschke/EFE Mais
<b>20.out.2011</b> - Rebeldes líbios comemoram anúncio da captura do ditador Muammar Gaddafi Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<b>20.out.2011</b> - Rebeldes líbios comemoram anúncio da captura do ditador Muammar Gaddafi Esam Al-Fetori/Reuters Mais
<b>20.out.2011</b> - Rebeldes líbios comemoram anúncio da captura do ditador Muammar Gaddafi Thaier al-Sudani/Reuters Mais
<b>20.out.2011</b> - Foto de celular, distribuída pela agência AFP, supostamente retrata o ditador líbio Muammar Gaddafi no momento de sua captura. A rede de TV Al Arabiya afirma que a foto é mesmo de Gaddafi Philipppe Desmazes/AFP Mais
<b>20.out.2011</b> - Rebeldes líbios comemoram anúncio da captura do ditador Muammar Gaddafi Thaier al-Sudani/Reuters Mais
<b>20.out.2011</b> - Rebeldes do governo interino líbio mostram túnel onde o ditador Muammar Gaddafi supostamente foi capturado. Segundo a AFP, o grafite em azul diz: "Este é o lugar de Gaddafi, o rato... Deus é maior" Philippe Desmazes/AFP Mais
Foto do dia 8 de setembro mostra marcas de bala e vandalismo em pintura de Muammar Gaddafi em uma parede de Trípoli, capital líbia. Francois Moi/AP Mais
<b>20.out.2011</b> - Emissora de TV árabe Al Jazeera exibe imagens que seriam do ditador líbio Muammar Gaddafi morto Reprodução/TV Al Jazeera Mais
<b>20.out.2011</b> - Reprodução de vídeo feito com celular e distribuído pela agência de fotos AFP mostra momentos da captura do ditador líbio Muammar Gaddafi Philippe Desmazes/AFP Mais
<b>20.out.2011 -</b> Fotos do ex-ditador líbio Muammar Gaddafi são queimadas na sede da embaixada da Líbia no Brasil. O cônsul-geral da Líbia, Mohammed Ninfat, disse que teve confirmações da morte de Gaddafi Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
<b>20.out.2011 -</b> Homem segura reprodução da imagem que registra o momento da captura do ex-ditador líbio Maummar Gaddafi Abdel Magid al-Fergany/AP Mais
<b>20.out.2011</b> - Manifestante em Trípoli segura foto de Muammar Gaddafi, modificada para mostrar o ex-ditador líbio vestido como mulher Abdel Magid al-Fergany/AP Mais
<b>20.out.2011</b> - Premiê interino da Líbia, Mahmoud Jibril (esq.), confirma a morte de Muammar Gaddafi, em imagem de TV distribuída pela agência AP AP Mais
<b>20.out.2011 -</b> Integrantes do Conselho Nacional de Transição exibem arma folheada a ouro que seria do ex-ditador líbio Muammar Gaddafi, capturado e morto Philippe Desmazes/AFP Mais

Crise na Líbia

Veja mais: Foto de celular mostra momento da captura do ex-ditador , Gaddafi ficou célebre por usar figurinos excêntricos e bufantes , Rebeldes invadem as luxuosas mansões dos Gaddafi

Últimos álbuns de Notícias



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos