Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/ciencia/album/2013/01/11/ilusao-de-otica-brinca-com-funcionamento-do-cerebro-e-da-visao.htm
  • totalImagens: 20
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130111195038
    • Ciência [45097]; cérebro [13175];
Fotos
Uma das imagens mais famosas que "cria movimento em uma imagem estática" é esta. Uma edição do Jornal de Neurociência dos Estados Unidos fez uma homenagem à ilusão criada pelo psicólogo Akiyoshi Kitaoka chamada de "cobras rotativas". Segundo o estudo publicado na revista em 2012, a sensação de movimento se dá mais por minúsculos e rápidos movimentos dos olhos do que pela visão periférica, que geralmente é tida como a responsável por este tipo de ilusão Reprodução Mais
Na ilusão de ótica, a visão humana é "enganada". A imagem força o cérebro a interpretações erradas. Se você vê essa imagem com movimentos é porque seu cérebro interpreta a disposição dos objetos e cores de uma maneira tal que cria "ondas" se você não focar em nenhum ponto da imagem Reprodução Mais
Esta é um clássico da ilusão de ótica. Se você olhar a imagem da esquerda, dirá que os quadrados A e B têm a mesma cor? Eles têm, como você pode checar na imagem da direita. Isso acontece porque seu cérebro não analisa só a luz que reflete no objeto analisado, ele também contextualiza a imagem. Assim, o quadrado que tem outros quadrados escuros ao redor parece mais claro, enquanto o quadrado que tem quadrados claros ao redor parece mais escuro Reprodução Mais
Acredite, as linhas horizontais são paralelas. Pode pegar uma régua ou um caderno e ver você mesmo. O cérebro enxerga as linhas tortas por causa da disposição não uniforme dos quadrados, que parecem menores ou maiores Reprodução Mais
Conte quantos pontos pretos você vê na imagem. Impossível contar porque eles desaparecem quando você foca a atenção neles. Conhecida como "grelha cintilante" de E. Lingelbach feita em 1994, é uma variação da grelha de Hermann, observada por Ludimar Hermann em 1870 (nesta as linhas são brancas e não cinzas). Isso acontece porque o cérebro tende a completar uma imagem que não está no foco da atenção com o que tem ao redor. Assim, o preto predominante acaba preenchendo as bolinhas brancas quando você não está focado nelas Reprodução Mais
Esta é fácil: qual bola vermelha é maior? A resposta é que as duas têm o mesmo tamanho. O cérebro analisa as imagens levando em conta seu contexto, assim, o círculo da esquerda, que está rodeado de círculos grandes, parece menor, e o círculo da direita, rodeado de círculos pequenos, parece maior Reprodução Mais
A linha da direita é continuação de qual das linhas? Pegue uma régua e veja que ela está alinhada com a de baixo Reprodução Mais
Aqui outro truque que engana seu cérebro por causa do contexto. Qual linha vertical é maior? As duas têm o mesmo tamanho apesar de a de dentro parecer maior porque nós tendemos a esperar uma proporção Reprodução Mais
Outra imagem que parece se mover por causa do contraste das cores, jogo de sombras dos cubos e a "falta de atenção" dos olhos Reprodução Mais
Aproxime o rosto da imagem e foque no ponto preto do centro, depois vá afastando e vejas as rodas se moverem. Seu cérebro foca no centro e as sombras e posições dos círculos são recriadas pela mente criando movimento Reprodução Mais
Quantas barras existem aqui? Se você olhar para o lado esquerdo verá quatro, já do lado direito são três. Este é um truque famoso de ilusão de ótica que brinca com formas Reprodução Mais
Mais um exemplo de como o cérebro projeta a continuação do que você ver. Se você começar pelas patas do elefante verá algumas, se começar pelo corpo do animal, outras parecerão as verdadeiras Reprodução Mais
Foque o olhar no ponto preto do centro e verá como a "nuvem" cinza ao redor irá diminuir. O cérebro tende a projetar o contexto geral para as áreas que não são foco da atenção, assim como o branco está em volta, o cinza parece diminuir Reprodução Mais
Esta imagem ficou bem popular nas redes sociais. Quando o Facebook disse que não aceitaria imagens com movimento (os gifs), muitas pessoas compartilharam esta imagem para provar que era possível. Mas em vez de usar uma imagem animada pelo computador, como os gifs, esta imagem só usa um truque de ilusão de ótica com cores contrastantes que cria movimento Reprodução Mais
A espiral, o embaçado das pontas e o jogo de cores cria uma ilusão de que a imagem está "pulsando" Reprodução Mais
Este é um banco normal ou você tem dificuldade pra ver as quatro pernas do banco? Ou seriam três? Reprodução Mais
Qual linha é maior? As duas têm exatamente o mesmo tamanho, mas a vertical parece muito maior Reprodução Mais
Exposição em Dresden, na Alemanha, brinca com a ilusão de ótica. Nesta peça, mulher coloca a cabeça em um buraco na mesa e seu corpo desaparece com um truque de espelhos. A exposição interativa chamada "Wanderings about the Senses" vai até 10 de junho de 2013 AFP/Matthias Hiekel Mais
A ilusão de ótica brinca com nosso cérebro e "cria" o que não existe. Você vê esta imagem em movimento? Pois ela faz um jogo com cores para você ter esta impressão, mas ela não se mexe Reprodução Mais
A imagem acima "convence" o cérebro de que há um quadrado em cima dos quatros círculos, bem no centro, porque cria uma ilusão de ótica ao desenhar as linhas contínuas entre as partes faltantes dos objetos geométricos. Chamada de "Quadrado de Kanisza", ela foi usado por pesquisadores norte-americanos para entender como essa "pegadinha" se forma no cérebro University of Connecticut Mais

Ilusão de ótica brinca com funcionamento do cérebro e da visão

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL CIÊNCIA

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos