Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2015/01/15/ha-30-anos-tancredo-derrotava-maluf-e-era-eleito-presidente-relembre.htm
  • totalImagens: 19
  • fotoInicial: 12
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20150115060000
    • Ditadura militar brasileira [28025]; Política [28132];
Fotos

Tancredo Neves (terceiro da esquerda para direita) faz comício durante campanha pela Presidência da República em janeiro de 1985, na praça da Sé, na área central de São Paulo Rosa Gauditano/Folhapress Mais

Tancredo Neves aparece ao lado de Lucy Montoro, mulher do então governador de São Paulo Franco Montoro, durante comício de apoio à sua candidatura na praça da Sé, na área central de São Paulo, em janeiro de 1985 Rosa Gauditano/Folhapress Mais

Centenas de pessoas participam de comício de apoio à candidatura de Tancredo Neves à Presidência da República na praça da Sé, na área central de São Paulo, em janeiro de 1985 Rosa Gauditano/Folhapress Mais

Paulo Maluf (esq.), candidato à Presidência da República na eleição indireta de 1985, posa para foto ao lado de seu candidato a vice, Flávio Marcílio Estadão Conteúdo Mais

Deputados, senadores e delegados do Colégio Eleitoral participam de sessão no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985, para escolher o presidente da República que sucederia o último mandatário militar, João Baptista Figueiredo. Apenas duas chapas disputavam a vaga: pela Aliança Democrática, de oposição, Tancredo Neves e, como vice, José Sarney; e pelo PDS (Partido Democrático Social), governista, Paulo Maluf e seu vice Flávio Marcílio Estadão Conteúdo Mais

O candidato à Presidência da República Paulo Maluf discursa antes de votação do Colégio Eleitoral no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985 Estadão Conteúdo Mais

Deputados, senadores e delegados do Colégio Eleitoral participam de sessão no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985, para escolher o presidente da República que sucederia o último mandatário militar, João Baptista Figueiredo. Apenas duas chapas disputavam a vaga: pela Aliança Democrática, de oposição, Tancredo Neves e, como vice, José Sarney; e pelo PDS (Partido Democrático Social), governista, Paulo Maluf e seu vice Flávio Marcílio Estadão Conteúdo Mais

Tancredo Neves (mãos levantadas) comemora resultado da eleição do Colégio Eleitoral em Brasília em 15 de janeiro de 1985. Tancredo foi eleito presidente do país por 480 votos contra 180 recebidos pelo seu único adversário Paulo Maluf Folhapress Mais

Tancredo Neves recebe os cumprimentos de José Sarney, seu vice, no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985, quando é proclamado presidente da República pelo Colégio Eleitoral Jorge Araújo/Folhapress Mais

Tancredo Neves fala ao telefone com o presidente João Baptista de Oliveira Figueiredo, o último da ditadura militar, no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985, quando é proclamado presidente da República pelo Colégio Eleitoral Jorge Araújo/Folhapress Mais

Tancredo Neves (à esquerda) comemora resultado da eleição do Colégio Eleitoral em Brasília em 15 de janeiro de 1985. Tancredo foi eleito presidente do país por 480 votos contra 180 recebidos pelo seu único adversário Paulo Maluf Folhapress Mais

Tancredo Neves (com mão levantada) comemora resultado da eleição do Colégio Eleitoral em Brasília em 15 de janeiro de 1985. Tancredo foi eleito presidente do país por 480 votos contra 180 recebidos pelo seu único adversário, Paulo Maluf Folhapress Mais

Após a divulgação do resultado da votação, Tancredo Neves faz discurso de 19 páginas e 31 minutos no Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985: "Esta foi a última eleição indireta do país; venho para realizar urgentes e corajosas mudanças políticas, sociais e econômicas indispensáveis ao bem estar do povo" Folhapress Mais

Tancredo Neves (segundo da esq. para direita) é proclamado presidente da República pelo Colégio Eleitoral, tendo como vice José Sarney (quarto da esq. para direita), em 15 de janeiro de 1985. Os dois estão acompanhados de suas mulheres, Risoleta Neves (primeira à esquerda) e Marly Sarney (terceira da esq. para direita) Folhapress Mais

Faixa é colocada pelo PT no largo de São Bento, na área central de São Paulo, em janeiro de 1985, em protesto contra a eleição indireta para a Presidência da República Sergio Tomisaki/Folhapress Mais

Multidão comemora eleição de Tancredo Neves para a Presidência da República em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985 Estadão Conteúdo Mais

Multidão comemora eleição de Tancredo Neves para a Presidência da República em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, em 15 de janeiro de 1985 Estadão Conteúdo Mais

Capa da edição de 16 de janeiro de 1985 do jornal "Folha de S.Paulo" noticia a vitória de Tancredo Neves na eleição para presidente do país Reprodução Mais

O então presidente da República, João Baptista de Oliveira Figueiredo (à direita), recebe Tancredo Neves no Palácio do Planalto, em Brasília, em 16 de janeiro de 1985, um dia após a eleição de Tancredo para a Presidência do país Estadão Conteúdo Mais

Há 30 anos, Tancredo derrotava Maluf e era eleito presidente; relembre

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos