Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2017/10/04/foragida-mulher-do-traficante-nem-tem-vida-intensa-em-redes-sociais.htm
  • totalImagens: 17
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20171004193946
    • Notícias [35976];
Fotos

Mesmo enquanto estava foragida, a loira surgia em muitas selfies e fotos de biquíni nas redes sociais Reprodução/Facebook Mais

Recentemente, ela teria postado juntamente com essa imagem: "Quem nasceu pra ser rainha nunca perde a majestade!" Reprodução/Facebook Mais

O serviço Disque Denúncia oferecia recompensa por quem desse pistas que levasse à prisão da mulher de Nem Reprodução Mais

Em perfil no Instagram, Danúbia Rangel tem cerca de 20 mil seguidores Reprodução/Facebook Mais

Danúbia Rangel foi condenada a 28 anos de prisão por associação para o tráfico de drogas Reprodução/Facebook Mais

Foi em 2006 que Danúbia conheceu Nem em uma festa e se mudou para a Rocinha. Como o traficante já era casado, os dois oficializaram a união em uma festa junina. Tempo depois, nasceu Yasmin, filha do casal Reprodução/Facebook Mais

Em 2011, a "xerifa" da Rocinha foi encontrada pela polícia num salão de beleza da favela. Acusada de associação ao tráfico, ela foi levada para a Delegacia da Gávea, zona sul, por policiais do Bope (Batalhão de Operações Especiais) para prestar depoimento. Na ocasião, o delegado Carlos Augusto Nogueira explicou que Danúbia recebia presentes de Nem, andava com carro fornecido por ele e não comprovava ter emprego fixo, o que indicava a relação dela com o tráfico. No entanto, Rangel foi liberada tempos depois Domingos Peixoto/Agência O Globo Mais

Durante a ocupação da Rocinha para implantação de UPP (Unidade de Polícia Pacificadora), o Bope encontrou um álbum de fotografias de Nem e Danúbia Reprodução/André Luiz Mello/Ag. O Dia Mais

A aliança de Rogério 157, traficante rival de Nem, com o Comando Vermelho obrigou Danúbia a deixar definitivamente a Rocinha. Nem pertence à facção ADA (Amigo dos Amigos) e rompeu com 157 após desentendimentos a respeito de atividades na favela Reprodução Mais

Em fotos nas redes sociais, a "xerifa" da Rocinha aparece com joias e roupas de marca Reprodução TV Bandeirantes Mais

Apesar das juras de amor, inclusive em redes sociais, escutas telefônicas revelaram que Nem agredia a mulher por ciúme. Em mais de um áudio obtido pela polícia, Danúbia relata a uma amiga que tinha sido agredida Reprodução/Facebook Mais

Três anos após Nem ter sido detido, em 2011, Danúbia foi presa. Em março de 2014, ela foi encontrada com dez telefones celulares e três tablets com conexão à internet. A loira foi acusada de enviar recados de Nem para traficantes aliados. Em 2016, ela foi, contudo, absolvida de uma das acusações de associação para o tráfico e acabou solta. Menos de um mês depois, a Justiça a condenou a 28 anos de prisão. Desde então, Danúbia Rangel é procurada pela polícia Secom/Polícia Civil Mais

O serviço Disque-Denúncia oferecia R$ 1.000 de recompensa por informações que levassem à prisão da ex-primeira dama do tráfico na Rocinha Reprodução Mais

Desde que conheceu o ex-chefe do tráfico da Rocinha, ela mergulhou num mundo de luxo Reprodução Mais

Nem presenteava Danúbia com passeios de lancha, helicóptero e joias, entre elas, um pingente com a letra "n" em referência a ele próprio Reprodução Mais

10.out.2017 - Danúbia foi presa pela Polícia Civil do Rio quando saía de carro, sozinha, da casa de uma amiga, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. De acordo com o delegado que comandou a ação, ela atuava como "fonte de informações" para os traficantes da Rocinha leais a seu marido, Antônio Bonfim Lopes, o Nem ROMMEL PINTO/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO Mais

10.out.2017 - Danúbia foi presa pela Polícia Civil do Rio quando saía de carro, sozinha, da casa de uma amiga, na Ilha do Governador, zona norte do Rio. De acordo com o delegado que comandou a ação, ela atuava como "fonte de informações" para os traficantes da Rocinha leais a seu marido, Antônio Bonfim Lopes, o Nem ALEXANDRE BRUM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO Mais

Mulher do traficante Nem se exibia em redes sociais

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos