Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2018/05/10/policia-faz-reconstituicao-do-assassinato-de-marielle-no-rio.htm
  • totalImagens: 16
  • fotoInicial: 9
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180510193330
    • Notícias [35976];
Fotos

10.mai.2018 - A Polícia Civil do Rio e soldados das Forças Armadas iniciaram na tarde de quinta (10) os preparativos para a reprodução simulada (reconstituição) do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes. A via onde ocorreu o crime foi parcialmente bloqueada FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO Mais

11.mai.2018 - Muro com grafite sobre Marielle perto do local onde ela foi assassinada, no centro do Rio de Janeiro CARL DE SOUZA/AFP Mais

10.mai.2018 - Para preservar as testemunhas dos assassinatos de Marielle e Anderson, a Polícia Civil do Rio de Janeiro envelopou com lonas todo o perímetro do crime, ocorrido no centro da capital fluminense, a cerca de 700 m da prefeitura. Por volta das 19h, agentes passaram cordas de um lado a outro da rua João Paulo I Paula Bianchi/UOL Mais

10.mai.2018 - Um carro semelhante ao que Marielle e Anderson estavam na noite do crime foi levado ao local da reconstituição Taís Vilela/UOL Mais

11.mai.2018 - Homens isolaram com lonas o local onde a vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram assassinados Silvia Izquierdo/AP Mais

10.mai.2018 - Militares descaracterizados estenderam lona no local em que os assassinatos foram reconstituídos Paula Bianchi/UOL Mais

10.mai.2018 - A placa com o nome da rua em que o crime ocorreu foi coberta com os dizeres "rua Marielle Franco". O mesmo ocorreu em diversas placas da avenida Rio Branco, no centro da cidade, no ato realizado no dia seguinte ao assassinato Paula Bianchi/UOL Mais

10.mai.2018 - Por volta das 20h30, policiais e militares descaracterizados ainda preparavam o isolamento da área de reconstituição. Para preservar as testemunhas do crime, a Polícia Civil cobriu com lonas todo o perímetro do crime, ocorrido no centro da capital fluminense Lucas Landau/UOL Mais

11.mai.2015 - Peritos da Polícia Civil do Rio de Janeiro acompanharam, fotografaram e gravaram em vídeo toda a reconstituição Ricardo Moraes/Reuters Mais

11.mai.2018 - Carros semelhantes aos usados por Marielle e Anderson (esquerda) e pelos assassinos (direita) foram usados na reconstituição Ricardo Moraes/Reuters Mais

11.mai.2018 - A perícia testou a "percepção auditiva" das testemunhas dos assassinatos com tiros reais Lucas Landau/UOL Mais

11.mai.2018 - Foram simulados a movimentação dos veículos na hora do ataque, o tipo de arma usada e a forma como o matador atirou Ricardo Moraes/Reuters Mais

11.mai.2018 - A reprodução simulada do assassinato começou pouco antes das 23h da quinta-feira (10) e terminou mais de cinco horas depois, às 4h15 desta sexta-feira (11) Lucas Landau/UOL Mais

11.mai.2018 - Foram usadas munições reais de calibre 9 mm, disparadas contra um carro semelhante ao que estavam as vítimas Luis Kawaguti/UOL Mais

11.mai.2018 - A principal hipótese da polícia é de que uma submetralhadora MP5, da fabricante alemã HK, foi a arma que matou a vereadora e o motorista Luis Kawaguti/UOL Mais

11.mai.2018 - "Essas testemunhas voltam no cenário do crime e é importante através das percepções auditivas e visuais delas reconstruir toda a dinâmica do crime", disse Giniton Lages, delegado da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro Vanessa Ataliba/Brazil Photo Press/Folhapress Mais

Polícia faz reconstituição do assassinato de Marielle no Rio

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos