Topo

CarnaUOL

Anderson Baltar


Samba-Net premia os melhores do Carnaval carioca no sábado

Milton Cunha será mestre de cerimônias do evento - Mauro Samagaio/Divulgação
Milton Cunha será mestre de cerimônias do evento Imagem: Mauro Samagaio/Divulgação
Anderson Baltar

Anderson Baltar é jornalista, formado pela UFRJ e tem 42 anos. Com mais de 15 anos de experiência na mídia carnavalesca, foi assessor de imprensa da União da Ilha e Império Serrano, produtor de Carnaval da TV Globo e trabalhou em coberturas de desfiles nas rádios Manchete e Tupi. Desde 2011, é âncora e coordenador da Rádio Arquibancada, web rádio com programação inteiramente voltada para o Carnaval. Em 2015, lançou o livro "As Primas Sapecas do Samba", ao lado dos também jornalistas Eugênio Leal e Vicente Dattoli.

17/05/2019 13h18

As escolas já começaram a preparação para o Carnaval 2020, mas ainda é hora de celebrar os destaques dos desfiles de 2019. Amanhã, a partir das 22h, a quadra da Unidos da Tijuca recebe a 21ª edição do Prêmio Samba-Net, que chega aos 20 anos de existência como uma das principais premiações destinadas ao sambista carioca.

Pelo palco, passarão grandes nomes do Carnaval como os carnavalescos Leandro Vieira e Jack Vasconcelos, que dividirão o prêmio de melhor enredo do Grupo Especial por seus trabalhos desempenhados, respectivamente, pela Estação Primeira de Mangueira e Paraíso do Tuiuti. O interprete Wantuir, da Unidos da Tijuca e o casal de mestre-sala e porta-bandeira da União da Ilha, Phelipe Lemos e Dandara Ventapane, também estão entre os premiados.

Fundado em 1999 por um grupo de amigos que se conhecerem em grupos de discussão virtual, o Samba-Net surgiu, inicialmente, como um prêmio destinado apenas às escolas do Grupo de Acesso. Com o passar dos anos, também voltou seus olhares para as escolas do Grupo Especial. Neste sábado, serão entregues 30 prêmios para as três principais divisões das escolas de samba cariocas, além de homenagens especiais a personalidades e jornalistas.
Dentre os premiados, o destaque, no Grupo Especial, é a Mangueira, que conquistou cinco troféus: escola, comissão de frente, samba-enredo, enredo e ala de baianas. Na Série A, a escola mais premiada foi a vice-campeã Acadêmicos do Cubango, com seis prêmios (escola, enredo, alegoria, conjunto alegórico, conjunto de fantasias e ala de baianas).

Na opinião de Paulo Renato Vaz, um dos coordenadores do prêmio, o segredo da longevidade do Samba-Net é a presença do sambista na festa. "Tratamos todos os grupos de forma igual e quem ama o samba se sente prestigiado. Tanto que todos os premiados se preparam para a festa, trazem suas fantasias e fazem um lindo espetáculo para o público. Mesmo sendo realizado mais de dois meses após os desfiles, o clima de Carnaval prevalece por toda a noite", destaca o coordenador.

A noite será aberta com a apresentação do grupo Explode Coração, que apresentará um repertório de sambas-enredos clássicos. Em seguida, os prêmios das Séries B e A serão entregues, com a apresentação do radialista Marcelo Pacífico. Os prêmios do Grupo Especial terão como mestre de cerimônias o comentarista Milton Cunha, da TV Globo. Os ingressos custam, na portaria, R$ 30. A quadra da Unidos da Tijuca fica na Av. Francisco Bicalho, 47 - Santo Cristo. Mais informações em www.sambanet.com.br.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor