O outro lado da história dos sons ouvidos por astronautas da Apollo 10 no lado escuro da Lua

  • Nasa

    Apollo 10 antecedeu missão que pousou na Lua

    Apollo 10 antecedeu missão que pousou na Lua

Gravações de uma "música estranha" e de "assovios do espaço sideral" durante a missão Apollo 10, que deu a volta ao redor da Lua em maio de 1969, atiçaram a curiosidade de milhares de pessoas na redes sociais neste fim de semana.

Nas gravações da missão, os astronautas demonstram surpresa com os estranhos sons. No momento em que ouviram os ruídos, os astronautas estavam atrás da Lua, fora do radar do centro de controle - as gravações só puderam ser ouvidas depois que eles retornaram à Terra.

"Essa música soa com algo do espaço sideral, não?", comenta o astronauta Eugene A. Cernam na gravação.

"Sim", responde o comandante Thomas P. Stafford.

"Vocês também ouviram esse assobio?", pergunta John W. Young.

"Soa como.. já sabem, o espaço sideral", insistiu Cernan. "Me pergunto o que pode ser", seguiu Young.

O som dura cerca de uma hora, até que desaparece. "Cara, ficou silencioso", dizem os astronautas.

Nasa
Eugene Cernan, John Young e Thomas Stafford em 13 de maio de 1969

Antes de voltarem ao radar do centro de controle, os três discutem se deveriam reportar os sons para seus superiores.

"Devemos contar?"

"Não sei, precisamos pensar."

Este diálogo se tornou viral neste fim de semana - levando muitos internautas a cogitar que os misteriosos sons pudessem ter origem alienígena.

Alguns comentários questionaram por que a Nasa só havia tornado o diálogo público agora.

Mas, segundo a própria Nasa, transcrições deste diálogo foram tornadas públicas há muito tempo.

"Mas o áudio não foi compartilhado imediatamente porque na era (das missões) Apollo não havia internet", disse à BBC Mundo Bob Jacobs, porta-voz da agência.

Por que tanta comoção agora?

Altamente suspeito

A resposta está em Nasa's Unexplained Files, uma série do canal Discovery Science sobre supostos arquivos "mal explicados" (ou não explicados) da agência espacial americana.

O mais recente episódio da série conta como, durante uma hora em que os três astronautas estiveram na face oculta da Lua, escutaram estes sons estranhos.

O programa diz que quando os astronautas regressaram do espaço, a Nasa fez a transcrição dos áudios e "arquivou" seu conteúdo - e que a gravação "permaneceu em segredo até agora".

Nasa
Dois meses depois do fim da missão Apollo 10, o homem chegava à Lua

Mas a versão da Nasa é outra. Não houve "arquivos classificados", assegura o porta-voz.

"E o mais provável é que os astronautas tenham escutado uma interferência".

"Esta história é uma fabricação de um programa de entretenimento altamente suspeito", adiciona.

Com a popularidade que teve este episódio do programa, o porta-voz da Nasa disse que falou com o astronauta Eugene Cernan, que assegura "que não se importou suficientemente com o incidente para levá-lo a sério."

"Se tivéssemos pensado que se tratava de outra coisa (que não fosse uma interferência), haveríamos informado todo o mundo depois do voo", acrescenta o astronauta de 81 anos.

Nasa
Apollo 10 entrando na atmosfera após completar sua missão ao redor da Lua

"Nunca voltamos a pensar nisso", assegurou Cernan.

A Nasa postou os áudios em 2012 em seu site, para que qualquer pessoa possa escutá-los. As gravações da Apollo 10 podem ser ouvidas aqui.

Dois meses depois que Cernan, Stafford e Young regressaram da missão, a nave Apollo 11 fez seu histórico pouso na Lua.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos