PUBLICIDADE
Topo

Pais trocam fraldas por polêmico método que ensina a levar bebês ao banheiro 'na hora certa'

07/07/2017 08h34

"Não somos contra a fralda, ela é uma ferramenta", explica Patricia, acrescentando que pode ser algo prático em uma viagem de carro ou em uma visita à casa de amigos. A ideia é fazer "um uso consciente e pontual da fralda", sem que a criança dependa exclusivamente dela.

Patricia diz que a ajudou a ter sucesso incorporar o método aos cuidados diários com a filha: assim como ficava atenta para ver se tinha fome ou frio, também prestava atenção para saber se tinha vontade de fazer xixi ou cocô. Ela diz não ser mais difícil, mas admite que às vezes pode ser trabalhoso.

"Há muitas pessoas que aplicam a técnica durante o dia e usam a fralda à noite, porque é mais importante descansar bem em vez de ficar levantando de madrugada para levar a criança à privada", conta ela.

E, se por um lado torna-se mais fácil limpar a criança e se gasta menos panos úmidos do que quando se usa uma fralda, há sempre o risco de haver acidentes - aliás, acidentes acontecem com ou sem fralda, seja qual for a idade da criança.

Manter os bebês limpos e secos continua a ser um dos grandes desafios dos pais, seja qual for o método que eles sigam.