PUBLICIDADE
Topo

Maiamentarismo: presidente da Câmara caçou votos em cidades menores do RJ

Marcos Silveira

Marcos Silveira é Diretor Executivo da Datapedia (www.datapedia.info), negócio social que transforma dados em inteligência para política e Governo. Formado em Gestão Pública pela FGV-EAESP e especialista em Gestão Pública e Liderança pelo Master CLP, trabalhou com consultoria para prefeituras, governos estaduais, empresas e ONGs. Foi finalista do prêmio Veja-se Inspire em 2017 e faz parte da rede de Talentos da Educação da Fundação Lemann. Empreendedor cívico da Rede de Atuação pela Sustentabilidade – RAPS e membro do Movimento AGORA! Sobre a coluna Um espaço para transformar dados em inteligência para política e para gestão pública. Fazer a ponte de dados para informação e informação para conhecimento. De maneira simples, didática e visual.

Colunista do UOL

12/02/2020 04h00

Inspirados pelo termo da última semana, o "Maiamentarismo", realizamos um estudo sobre distribuição de votos do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). No mapa dinâmico estão os dados de 2018 para os 4.309 locais de votação no estado do Rio de Janeiro. Por escolas, bairros, cidades e ruas.

Maia foi o 13º deputado federal mais votado do estado do Rio de Janeiro com 74.232 votos. Explore o mapa com zoom.

Fonte: TSE e trabalho de dados da Plataforma Eleições - Datapedia

Destaques:

Maia ficou na 1ª colocação em 30 urnas do estado.

Mais da metade dos votos (54,4%) de Maia são da capital fluminense com melhores resultados nos bairros Bangu, Santa Cruz, Tijuca, Barra da Tijuca, Copacabana, Senador Camará e Realengo.

Maia possui bases eleitorais relevantes em cidades menores: obteve 14,66% dos votos de Engenheiro Paulo Frontin e 8,47% dos votos de Quissamã.

Há regiões afastadas em que Maia consegue bons resultados, como áreas rurais em Itatiaia e Resende e vilas rurais e urbanas em Paraty.

Marcos Silveira