Giro UOL traz os destaques da manhã desta quinta, 30/03, para você; ouça

Thomaz Molina

Do UOL, em São Paulo

Eraldo Peres/AP
Eraldo Peres/AP

Corte no orçamento

O governo confirmou um corte de R$ 42,1 bilhões em despesas públicas federais. O anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. O objetivo é evitar que o rombo nas contas públicas neste ano seja ainda maior que o previsto. Além disso, o governo voltará a cobrar impostos que haviam sido suspensos para beneficiar alguns setores da economia, a chamada desoneração. No total, 54 setores tinham direito ao desconto de impostos, e a maior parte vai ter de voltar a pagá-los. Isso deve gerar para o governo um aumento de arrecadação de R$ 4,8 bilhões, de acordo com o ministro.
Compartilhe
Roberto Jayme/ Ascom/TSE
Roberto Jayme/ Ascom/TSE

Vai votar pela cassação

O relatório final do ministro Herman Benjamin, do TSE, aponta que ele vai votar pela cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, e contra a punição para tornar os dois candidatos inelegíveis. De acordo com ministros que tiveram acesso ao documento, de caráter sigiloso, a narrativa construída por ele sinaliza uma série de irregularidades financeiras na campanha de 2014, mas também a ausência de provas cabais de que Dilma e Temer sabiam, durante aquele período, que um esquema de caixa dois abastecia as contas.
Compartilhe
Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress
Marcos Bezerra/Futura Press/Folhapress

Acordo da Odebrecht em risco

Uma disputa aberta no governo federal pode acabar com o acordo de leniência firmado pela Odebrecht com o Ministério Público Federal, em dezembro do ano passado, na operação Lava Jato. A Advocacia-Geral da União e o MPF brigam sobre o bloqueio de R$ 2,1 bilhões em bens da empreiteira, que seriam usados para garantir que seja coberta parte do prejuízo causado aos cofres públicos na construção da refinaria de Abreu e Lima, da Petrobras, em Pernambuco. O MPF alega que o bloqueio não tem cabimento, mas a AGU discorda.
Compartilhe
Marcell Roncon/Futura Press/Estadão Conteúdo
Marcell Roncon/Futura Press/Estadão Conteúdo

Doria ganha força para 2018

A possibilidade de o PSDB lançar a candidatura de João Doria à Presidência em 2018 ganha terreno na cúpula do partido, inclusive na ala ligada ao senador Aécio Neves, outro nome posto para a disputa do ano que vem. De acordo com o jornal Folha de S.Paulo, dirigentes da sigla, entre eles, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, trabalham com a hipótese de Doria como uma espécie de plano B para a corrida presidencial, caso sejam confirmados o conteúdo de depoimentos de ex-executivos da Odebrecht e os impactos devastadores para o tucanato.
Compartilhe
Getty Images/Vetta
Getty Images/Vetta

Apagão analógico

A Record, o SBT e a RedeTV! decidiram ontem que vão cortar os sinais de todas as operadoras de TV por assinatura que atuam na Grande São Paulo, menos da Vivo. Net, Sky, Claro e Oi, portanto, não vão oferecer as três redes aos assinantes a partir de hoje. A Vivo está recebendo tratamento diferenciado porque as negociações com a Simba, empresa que representa as emissoras, avançaram. De acordo com uma fonte envolvida no processo, a operadora da Telefônica está disposta a pagar um valor para distribuir os sinais digitais das três redes.
Compartilhe
Marcello Fim/Framephoto/Estadão Conteúdo
Marcello Fim/Framephoto/Estadão Conteúdo

Esquenta o Paulistão

Foram definidos ontem os confrontos das quartas de final do Campeonato Paulista. O Palmeiras, mesmo com a derrota para a Ponte Preta por 1 a 0, garantiu a melhor campanha da primeira fase e vai enfrentar o Grêmio Novorizontino. O Corinthians, que bateu o Linense por 3 a 1, pegará o Botafogo de Ribeirão Preto. O Santos, que venceu o Novorizontino por 3 a 1, vai medir forças com a Ponte Preta, e o São Paulo, que ganhou do São Bernardo por 1 a 0, vai disputar uma vaga na semifinal do Paulistão com o Linense.
Compartilhe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos