Preso homem acusado de ser "pai-avô" de duas crianças em Sergipe

Paulo Rolemberg
Especial para o UOL Notícias

Em Aracaju

O lavrador José Souza de Mendonça, 62, foi preso na quinta-feira (22) acusado de abusar sexualmente de sua filha por cerca de dez anos, no povoado Sitio Novo, na cidade de Itabaiana, interior de Sergipe. Em consequência dos abusos, Maria (nome fictício), 32, teve duas filhas, uma de oito e outra de nove anos, além de estar na terceira gravidez.

Lavrador do MA é 'pai-avô' de 8 crianças, confirma exame


Segundo a delegada Juliana Alcoforado, responsável pela prisão, a vítima era ameaçada pelo pai e só tomou coragem de fazer a denúncia após ver a mãe ser espancada e expulsa de casa por ele. Segundo informações da polícia, ele ofereceu resistência à prisão e tentou fugir.

A vítima revelou que o pai afirmava que os “filhos-netos” eram frutos de relacionamentos de Maria com outros homens, como um primo da vítima e um vizinho. “A primeira ele botou que era de meu primo, pra mãe não saber, a outra menina foi pra o nosso vizinho”, diz a vítima.

Os abusos aconteciam na lavoura e dentro da casa da família. Maria contou ainda que, na segunda gravidez, foi orientada por José a abortar. Questionada sobre os motivos que a fizeram demorar a denunciar o pai, ela disse que sofria ameaças. “Ele dizia que matava eu (sic).”

De acordo com a delegada, a vítima revelou que quando o pai soube da terceira gestação expulsou a mulher de casa para ficar somente com a filha.

À polícia, José Souza negou a acusação e continuou apontando o primo e o vizinho da filha como os responsáveis pela paternidade. “Não tive relação com ela de jeito nenhum, agora não sei dizer dos outros”, resumiu.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos