Novo patrimônio da humanidade no Brasil, praça de SE apresenta problemas estruturais

Paulo Rolemberg
Especial para o UOL Notícias

Em São Cristóvão (SE)

Eleita como o mais novo patrimônio cultural da humanidade pela Unesco no último domingo (1º) a praça São Francisco, em São Cristóvão (SE), a 23km de Aracaju, ainda apresenta problemas estruturais.

  • Caminhão é visto circulando na área do mais novo patrimônio cultural da humanidade pela Unesco, a praça São Francisco, em São Cristóvão

  • Parte da parede do convento de São Francisco registra rachaduras, sujeira e deterioração

  • Tapume mostra obra paralisada dentro da igreja de São Francisco


A reportagem do UOL Notícias visitou o local e constatou uma obra paralisada, com prédios necessitando de reformas, motos e carros transitando por dentro da praça e caminhões na área de preservação.

Um dos prédios do conjunto arquitetônico da praça, a igreja e o convento de São Francisco têm as paredes deterioradas pela ação do tempo. Na entrada da igreja também há fios expostos no teto.

No prédio onde funciona a antiga Santa Casa de Misericórdia - Lar Imaculada Conceição, a obra de restauração está paralisada devido a problemas com a construtora. Uma nova licitação foi feita, mas ainda não há previsão para o retorno do serviço. Ainda existem restos de materiais –da empresa que abandonou a obra– na área externa.

Dentro da praça é constante a circulação de motos e até mesmo de carros. Segundo moradores, esse ato é apenas coibido com a presença do órgão fiscalizador de trânsito, que não tem presença frequente.

Uma barraca de lanche continua instalada no local, apesar de o proprietário confirmar que já foi notificado da necessidade de retirada. “Continuo vendendo, é minha sobrevivência”, disse, sem querer se identificar.

Já nas ruas do entorno da praça, entretanto, pode-se observar obras de infraestrutura, uma das exigências da Unesco para referendar o titulo à praça São Francisco.

Outro lado
Para Thiago Fragata, coordenador da campanha Pró-candidatura da Praça São Francisco como Patrimônio da Humanidade, as autoridades políticas precisam ter ações mais urgentes em relação aos problemas encontrados na localidade.

Fragata reconheceu que veículos circulam pela praça, mas que já existe um plano de reorientação do trânsito. “Temos que intensificar a fiscalização contra esses absurdos para que eles sejam dirimidos. No plano poderá ser proibida a circulação de veículos em toda a área da praça.”

O governo do Estado estuda a criação de um comitê gestor, com verbas específicas, para manutenção, desenvolvimento e realização de eventos em parceria com a Prefeitura de São Cristóvão e instituições ligadas ao patrimônio histórico e cultural.

"A Unesco reavalia permanentemente a situação dos sítios escolhidos. Da mesma forma que recebemos, também poderemos perder este título se não tomarmos as medidas preventivas para garantir a manutenção e a correta utilização deste patrimônio”, disse o governador de Sergipe, em entrevista coletiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos