PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Após pressão, Igreja decide por retorno da missa de frei afastado em Belo Horizonte

Cerca de 300 pessoas se reuniram neste domingo (2) em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Belo Horizonte, para protestar contra a suspensão das missas de frei Claudi van Balen - Carlos Eduardo Cherem/UOL
Cerca de 300 pessoas se reuniram neste domingo (2) em frente à Igreja Nossa Senhora do Carmo, em Belo Horizonte, para protestar contra a suspensão das missas de frei Claudi van Balen Imagem: Carlos Eduardo Cherem/UOL

Carlos Eduardo Cherem

Do UOL, em Belo Horizonte

03/02/2014 22h36

Após pressão de católicos no domingo (2) e pedido da Arquidiocese de Belo Horizonte de maior “diálogo com os fiéis”, a Província Carmelita de Santo Elias decidiu nesta segunda-feira (3) que o frei Cláudio van Balen, 81, continuará como responsável das missas de 11h dos domingos na Igreja Nossa Senhora do Carmo, zona sul de Belo Horizonte. Ficou decidido ainda que o frei será também responsável pela celebração da missa de 19h30 das sextas-feiras no templo.

No domingo (26 de janeiro) uma ruidosa manifestação de cerca de mil pessoas que foram assistir a missa das 11h no templo impediu que ela fosse realizada pelos freis Evaldo Xavier, 47, e Wilson Fernandes, 31.

Eles celebravam, respectivamente, suas nomeações como prior provincial da Província Carmelita e novo pároco da Igreja Nossa Senhora do Carmo. Neste domingo (2), com as portas fechadas e a missa das 11h suspensa, cerca de 300 católicos ligados à paróquia rezaram na rua, em frente ao santuário, e pediram o retorno de frei Cláudio Van Balen.

Em nota, pouco antes da reunião em que foi decidido o retorno do frei Claudio van Balen, a Arquidiocese afirmou que “acatou o pedido da Província Carmelita de Santo Elias de suspender em caráter indeterminado a missa das 11h (...) esperava que o superior da Província Carmelita de Santo Elias estabelecesse esse necessário diálogo com os fiéis, conforme ficou acordado. (...) também estranhou não ter sido prévia e nem oficialmente comunicada sobre processo de nomeação do novo pároco”.

“A Arquidiocese sabe que os frades carmelitas são responsáveis por todas as ações e cuidados junto ao frei Cláudio van Balen, mas considera importante o compartilhamento das informações sobre os encaminhamentos dessa paróquia”.

A reunião realizada na Igreja Nossa Senhora do Carmo, que decidiu pelo retorno do frei responsável há quase cinco décadas pela celebração da missa das 11h, teve a participação dos freis Evaldo Xavier e Wilson Fernandes.

A reportagem do UOL tentou entrar em contanto com frei Cláudio van Balen, frei Evaldo Xavier e frei Wilson Fernandes na Igreja Nossa Senhora do Carmo para eles comentarem a decisão, mas a informação foi de que eles deixado a cidade.

Cotidiano