Topo

Bombeiros encontram mais um corpo perto de barragem em Mariana

Carlos Eduardo Cherem

Colaboração para o UOL, em Mariana (MG)

08/11/2015 16h08

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais anunciou na tarde deste domingo (8) mais um corpo entre os detritos das barragens que romperam em Mariana, no interior do Estado. É o terceiro corpo localizado, segundo a corporação desde o acidente, ocorrido na última quinta-feira (5), mas é o segundo com relação direta com a tragédia.

De acordo com os bombeiros, trata-se do corpo de um homem, que foi encontrado perto do rio Fundão e próximo do local onde a barragem de Fundão foi rompida, no subdistrito de Bento Rodrigues, distante cerca de 20 quilômetros do centro de Mariana. Até as 16h os soldados permaneciam tentando recolher o corpo.

Um pouco mais cedo, por volta de 12h30, uma outra equipe do Corpo de Bombeiros localizou um corpo em uma localidade de Ponta Nova, na região onde está Mariana. Este corpo ainda não foi recuperado por estar em um local de difícil acesso.

Poucas esperanças

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), afirmou neste domingo (8) que há poucas chances de que os 13 funcionários da Samarco de empresas terceirzadas estejam vivos.  Na última quinta-feira (5), duas barragens administradas pela empresa Samarco romperam, derramando um mar de lama em rios e praticamente destruindo o subdistrito de Bento Rodrigues.

“Os 13 trabalhadores que estavam em cima da barragem na hora do acidente, lamentavelmente, têm poucas chances de estarem vivo. Temos de reconhecer isso”, disse o governador.

Ele manteve o tom sombrio, embora menos categórico, a respeito dos demais desaparecidos. “Os outros 15 não sabemos. Quem sabe a gente ainda pode localizar alguém que escapou da tragédia, que ficou perdido em alguma localidade. Não quero tirar a esperança de ninguém, pode ser que consigamos achar alguém com vida, mas à medida que o tempo vai passando, a esperança vai diminuindo. Se a tragédia ocorresse à noite, mais gente teria morrido.”

Drone sobrevoa Bento Rodrigues (MG) e registra cenário de destruição

SBT Online

Mais Cotidiano