Tremor assusta e causa evacuação de prédios no Piauí e no Maranhão

Carlos Madeiro

Colaboração para o UOL, em Maceió

Um tremor de média magnitude, com epicentro no município de Belágua (a 279 km de São Luís), causou susto e evacuação de prédios em Teresina e São Luís na manhã desta terça-feira (3). O abalo foi registrado às 9h43 (10h43 de Brasília). Não há relatos de feridos ou desabamentos.

O tremor foi sentido em pelo menos mais quatro Estados, mas com relatos de menor intensidade: Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

Segundo o Centro de Sismologia da USP (Universidade de São Paulo), o tremor atingiu 4,6 de magnitude na escala Richter.

Moradores de várias cidades relataram pelas redes sociais terem ouvido um barulho de estrondo seguido por tremor do chão.

O abalo durou cerca de 10 segundos, mas foi o suficiente para causar um grande susto.

Em Teresina, diversos prédios comerciais e públicos foram desocupados por medo. Há relatos de desocupações em bancos e lojas do centro da cidade. O prédio da Secretaria Estadual de Saúde foi evacuado às pressas.

No Piauí, o Corpo de Bombeiros está fazendo vistorias em prédios mais antigos para saber se há risco de desabamento. Órgãos públicos decretaram ponto facultativo.

"Em decorrência do tremor de terra sentido na manhã desta terça (3) no Piauí, o governador Wellington Dias acionou o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e fez contato com a Secretaria Nacional de Defesa Civil. A intenção é garantir a segurança da população", disse o órgão em nota.

"Neste momento, o mais importante é que já tomamos algumas medidas emergenciais, alguns prédios na cidade foram evacuados e não há registros de feridos ou vítimas", disse o governador Wellington Dias (PT) em nota publicada no site oficial do governo.

O mesmo ocorreu em São Luís, onde prédios como o Tribunal de Contas do Estado e Secretaria da Fazenda também tiveram saída às pressas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos