Garota morre após levar choque no quarto da sua casa em São Paulo

Eduardo Carneiro

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Street View

    Vítima de choque elétrico foi levada ao hospital Irmã Dulce, mas não resistiu

    Vítima de choque elétrico foi levada ao hospital Irmã Dulce, mas não resistiu

Uma adolescente de 16 anos morreu eletrocutada na noite desta quarta-feira (26) em Praia Grande, litoral sul de São Paulo. A garota recebeu a carga elétrica ao tocar na grade da janela do seu próprio quarto na casa em que vivia com a família, no bairro Antártida.

De acordo com o delegado Alexandre Comin, que registrou o caso, um cabo de extensão de energia que chegava até a máquina de lavar, no lado externo da residência, passava pela estrutura de ferro. Um fio desencapado provocou o acidente.

"Foi uma fatalidade", define o delegado ao UOL. "Eles não perceberam o fio desencapado na grade externa. Ela ficou grudada na grade recebendo a descarga elétrica de 110 volts, que contraiu seus músculos das mãos, por cerca de três minutos".

De acordo com o delegado, a vítima foi socorrida pelo tio, que ouviu gritos, foi até o local e percebeu a descarga elétrica. Ele desligou a extensão, mas a adolescente caiu no chão praticamente desfalecida. Ela foi encaminhada ao Hospital Irmã Dulce, mas já chegou sem vida.

Familiares contaram à polícia que o chão do quarto estava molhado e que a jovem estava descalça, o que contribuiu para que a descarga fosse ainda mais intensa. O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande como morte violenta.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos