PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Polícia investiga assassinato de diretor dentro de universidade do Paraná

Professor da UENP é encontrado morto dentro do campus da universidade - Divulgação - UENP
Professor da UENP é encontrado morto dentro do campus da universidade Imagem: Divulgação - UENP

Gabriel Sabóia

Do UOL, no Rio

21/12/2018 11h37

A Polícia Civil do Paraná investiga a morte do diretor do campus de Cornélio Procópio da UENP (Universidade Estadual do Norte do Paraná), Sérgio Roberto Ferreira. O corpo dele foi encontrado na noite desta quinta-feira (20) dentro da universidade com sinais de espancamento.

Um professor da universidade - que não teve o nome divulgado - foi preso na cidade de Teodoro Sampaio, em São Paulo, e teria confessado o crime, segundo a Polícia do Paraná. Ele disse que fugiu de Cornélio Procópio depois de cometer o crime.

Porém a polícia ainda não explicou o que motivou as agressões que levaram ao homicídio.

Ferreira foi encontrado no escritório em que trabalhava com ferimentos na cabeça. Docentes da UENP chegaram a levá-lo para o hospital, mas o professor não resistiu.

Um bilhete foi encontrado ao lado do corpo. Na delegacia, a família da vítima relatou que o professor havia recebido um telefonema de um colega solicitando uma reunião.

Em nota, a UENP afirmou ter declarado luto de três dias.

Ferreira trabalhava na instituição desde 1990 e foi professor, coordenador e chefe de departamento da faculdade de Administração. Ele cumpria atualmente seu segundo mandato como diretor do Campus de Cornélio Procópio.

"A UENP presta condolências à família e amigos do professor", afirmou a entidade em nota.

Cotidiano