Topo

Bati, mas não espanquei, diz ex-namorado de moça agredida em Bertioga (SP)

Reprodução/Facebook
Logan Everton Queiroz, acusado de espancar a namorada em Bertioga (SP) Imagem: Reprodução/Facebook

Bruna Alves

Colaboração para o UOL, em Sã Paulo

2019-04-18T15:21:41

18/04/2019 15h21

A jovem de 20 anos agredida pelo ex-namorado em Bertioga (SP) contou em depoimento à polícia que Logan Everton Queiroz, 18, invadiu a sua casa e começou a espancá-la, após encontrar um técnico de ar condicionado instalando o aparelho na sala.

Em depoimento, Micaela Lopes Ribeiro disse que o técnico era também seu ex-namorado, e que Logan teria ficado irritado ao vê-lo em sua casa, por isso a espancou.

Em entrevista exclusiva ao UOL, Logan, o então namorado, conta sua versão do que aconteceu naquele dia.

Segundo ele, Rodrigo Santos, 24, não é técnico de ar condicionado, como disseram na delegacia, mas sim garçom. Logan conta que, naquele dia, Micaela mandou mensagem em seu celular no período da manhã e terminou o relacionamento.

Após o término, ele continuou seu dia normalmente. Por volta das 15h saiu de sua casa para ir a um curso que frequenta, quando avistou do ponto de ônibus o ex-namorado de Micaela, Rodrigo Santos, se aproximando de bicicleta.

Suspeitando de uma traição, Logan voltou do curso às 15h30 e foi até a casa da ex. "Eu tentei abrir a porta, mas vi que estava trancada, daí eu pulei a janela e consegui abrir a porta."

Ele conta que já estava nervoso e muito irritado com a situação, porque havia visto Rodrigo de bicicleta mais cedo naquela rua.

"Daí eu subi e vi o cara na cama dela pelado e ela tomando banho, daí eu não aguentei e comecei a dar uns murros nela."

Na confusão, o ex-namorado, Rodrigo, teria tentado impedir a briga e o expulsou da casa de Micaela. "Eu não coloquei a mão nele, mas ainda vou [procurá-lo]", afirma.

Logan ressalta que bateu na ex, mas não "espancou", como Micaela disse em depoimento. O rapaz diz ainda que está sendo hostilizado na rua e que todos acreditam na versão contada pela ex. "Eu não espanquei, não deixei um hematoma."

Sogro não aprovava o relacionamento

De acordo com Logan, ele e Micaela estavam juntos há dois anos e o relacionamento ia bem, apesar de o pai da moça não aprovar o namoro.

Os amigos do rapaz começaram a alertá-lo sobre as supostas traições da namorada, mas ele não conseguia acreditar, até que um dia pegou o celular dela e viu mensagens pornográficas que enviava para Rodrigo. No entanto, decidiu perdoá-la e seguir com o namoro.

"Ela me traiu várias vezes, mas eu agora eu vi com meus olhos".

Segundo Logan, Micaela já havia sido casada por cinco anos e teve um filho desse relacionamento. Ele conta que a namorada, às vezes, dormia na casa do pai do filho dela e que ele não reclamava.

Ele conclui dizendo que pensou que estava em um "relacionamento maduro", mas não foi isso que vivenciou com a ex-namorada.

A vítima não quis se manifestar. O caso continua sendo investigado pela delegacia sede de Bertioga.

Mais Cotidiano