Topo

Morto em Brumadinho é identificado às vésperas de aniversário de 51 anos

Evandro Luiz dos Santos faria aniversário em 10 de julho - Reprodução/Facebook
Evandro Luiz dos Santos faria aniversário em 10 de julho Imagem: Reprodução/Facebook

Talita Marchao*

Do UOL, em São Paulo

06/07/2019 11h34Atualizada em 06/07/2019 20h46

A Polícia Civil de Minas Gerais confirmou hoje a identificação de mais uma vítima da tragédia com a barragem da Vale em Brumadinho, em janeiro. O corpo de Evandro Luiz dos Santos foi encontrado na manhã de ontem a cerca de 5 metros de profundidade na lama, perto da área administrativa do complexo da mina do Córrego do Feijão. Ele tinha 50 anos e faria aniversário na próxima quarta-feira.

Santos era técnico mecânico de manutenção de máquinas pesadas da mineradora. Sua identificação foi possível graças à arcada dentária. Até o momento, mais de 90% das vítimas foram localizadas pelo Corpo de Bombeiros.

Seu corpo foi identificado quase seis meses depois do desastre que deixou, até agora, 248 mortos, além de 22 pessoas desaparecidas. Os bombeiros seguem as buscas em meio ao rejeito de minério que vazou da barragem B1 da mina do Córrego do Feijão em 25 de janeiro. Não há previsão de encerramento dos trabalhos.

A arcada dentária permite a identificação mais rápida --no caso de Santos, foi possível em cerca de 24 horas-- se comparadas com o que vem ocorrendo nos últimos meses, em que a espera leva ao menos 45 dias, que é o tempo para ficarem prontos os exames de DNA (prova e contraprova), necessários para os casos em que não se tem arcada dentária, nem impressões digitais.

A área total atingida pela onda de rejeitos de minério da barragem é de 4 milhões de metros quadrados - mais do que o dobro da área do Parque do Ibirapuera, em São Paulo.

*Com Luciana Quierati, em São Paulo

Cotidiano