Topo

Mulher é detida suspeita de furtar 22 potes de Nutella para vender na web

Potes de Nutella furtados de supermercado em Patrocínio (MG) - Divulgação/Polícia Civil MG
Potes de Nutella furtados de supermercado em Patrocínio (MG) Imagem: Divulgação/Polícia Civil MG

Daniel Leite

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

14/10/2019 14h15

Uma mulher de 26 anos foi detida suspeita de furtar 22 potes de Nutella em um supermercado de Patrocínio (MG), a 414 km de Belo Horizonte. Segundo a polícia, ela confessou o crime e contou que venderia as mercadorias por R$ 10 em grupos de WhatsApp. Ela foi autuada em flagrante por furto, pagou fiança de R$ 1 mil e responderá em liberdade.

De acordo com a PM, ela disse que havia entrado no mercado outras vezes no sábado, furtado potes de 350 gramas do creme de avelã e os deixado em um carrinho de bebê perto do estabelecimento.

A suspeita. foi detida pela polícia após funcionários não a deixarem ir embora ao perceberem que não havia pago pelos potes de Nutella.

Segundo o boletim de ocorrência, imagens de câmeras de segurança filmaram o furto no mercado do bairro Morada Nova. Os potes eram guardados na bolsa a tiracolo.

Em depoimento, ela informou que já havia entrado outras sete vezes no mercado, em diferentes datas, para praticar o mesmo crime, mas com outras mercadorias.

Parentes da suspeita ouvidos pela polícia disseram não entender o motivo do furto, porque ela tem boas condições e não faltam alimentos em casa. O supermercado foi procurado pela reportagem do UOL mas não divulgou informações sobre o caso.

Segundo a suspeita, ela praticou o crime porque "precisava, mas tudo deu errado". A mulher ainda se disse "muito envergonhada" com a situação.

Cotidiano