Topo

Médico do Paraná morre após cair de escada em flat em Fernando de Noronha

Felipe Breowicz morreu após cair de escada - Reprodução/Facebook
Felipe Breowicz morreu após cair de escada Imagem: Reprodução/Facebook

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, em Maceió

18/11/2019 10h42

Resumo da notícia

  • Felipe Breowicz, de 36 anos, morreu depois de ter sido encontrado caído em um flat em Fernando de Noronha
  • Ele chegou a ser socorrido e levado para o hospital São Lucas, com um ferimento na testa, mas não resistiu
  • A polícia trabalha com a hipótese de acidente
  • O homem era médico oftalmologista e viajou de Pato Branco (PR) com um grupo de amigos para comemorar o aniversário de um deles

Um turista de 36 anos morreu após sofrer parada cardiorrespiratória, depois que foi encontrado caído em um flat em Fernando de Noronha (PE), na madrugada de ontem. Felipe Breowicz foi socorrido para o hospital São Lucas, com um ferimento na testa, e morreu durante atendimento médico. A polícia trabalha com a hipótese de acidente.

O homem é médico oftalmologista e viajou de Pato Branco (PR), com um grupo de amigos para comemorar o aniversário de um deles, em Fernando de Noronha.

O corpo do turista foi trasladado de avião para o IML (Instituto Médico Legal) no Recife para ser submetido à necropsia para apontar a causa da morte. O IML informou que não poderá repassar informações sobre o laudo sem autorização da família.

Familiares de Breowicz viajaram para Recife para fazer a liberação do corpo para enterro. O velório deve ocorrer na tarde de hoje. O enterro está previsto para acontecer amanhã, em um cemitério de Pato Branco.

A irmã do médico Ana Paula Slonski divulgou uma nota sobre a morte do irmão e afirmou que ele sofreu um "acidente banal". Ela disse ainda que ele era uma pessoa especial e era muito amado.

"O Felipe adorava as aventuras da vida, mas acabou sua jornada caindo de uma escada, em uma pousada, em Fernando de Noronha. Um acidente banal. A única coisa que nos conforta é saber que agora ele reencontrou o nosso amado pai Bruno e que um dia todos iremos estar juntos novamente. Devem estar abraçados, matando as saudades", disse.

Amigos do turista prestaram depoimento à polícia e relataram que ele foi deixado na parte de baixo do flat, embriagado, e o grupo voltou para festa. Na volta, eles encontraram o amigo caído no chão, próximo à escada, com um ferimento na testa e acionaram o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O homem sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu.

A Polícia Civil de Pernambuco instaurou inquérito para investigar o caso e tem 30 dias para concluir os trabalhos. O delegado Rodrigo Maciel disse que a suspeita é que o turista tentou ir para um dos quartos na parte de cima do flat e caiu da escada.

O delegado ainda afirmou que amigos da vítima relataram que o médico ingeriu muita bebida alcoólica e foi levado para a pousada para dormir. Mas, deram banho, comida e o colocaram deitado no térreo do apartamento. Anteriormente, o turista estava em um dos quartos do piso superior.

A Superintendência de Saúde da Administração de Fernando de Noronha informou que a equipe que socorreu o turista não conseguiu reverter a parada cardiorrespiratória -apesar dos esforços - e ele entrou em óbito no hospital São Lucas.

"Após dar entrada no ambiente hospitalar, a equipe médica conduziu atendimento com intubação e continuação da assistência cardiorrespiratória", informou por meio de nota o hospital São Lucas.

Cotidiano