PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
Inauguração causa aglomeração e loja da Havan é fechada em Belém

Luciana Cavalcante

Colaboração para o UOL, em Belém

10/10/2020 17h04

A inauguração de uma loja Havan em Belém, capital do Pará, provocou aglomeração na manhã de hoje. Antes mesmo das portas se abrirem muitas pessoas já aguardavam na porta do estabelecimento, localizado na Avenida Augusto Montenegro. A Polícia Civil do Pará decidiu fechar o estabelecimento e informou "que o gerente será conduzido para prestar esclarecimentos "pelo não cumprimento das regras previstas pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram o tumulto na hora da entrada e muitas pessoas sem máscara, em plena pandemia do coronavírus. A loja foi também autuada por descumprir decreto estadual que prevê medidas sanitárias para a prevenção da covid-19.

Essa é a quarta que o grupo inaugura no Pará. A abertura aconteceu na véspera de uma das maiores programações religiosas do Brasil, o Círio de Nazaré, que mesmo sem procissões este ano, ainda é a segunda maior data que movimenta o comércio local, considerada o Natal dos paraenses.

A Prefeitura de Belém também se manifestou através de nota informando que se trata de um evento privado e, a responsabilidade quanto à contenção e distanciamento das pessoas é de responsabilidade dos administradores.

O órgão municipal ressaltou ainda que todos devem cumprir o Decreto n° 95.955/2020 que autoriza a aplicação de multas e advertências no caso de descumprimento e que todas as autoridades públicas municipais que tiverem ciência do descumprimento das normas deste decreto deverão comunicar os órgãos de segurança, que adotarão as medidas de investigação criminal cabíveis.

UOL tentou contato com a assessoria de imprensa do Grupo Havan, mas não obtivemos retorno.

Cotidiano